Maior árvore do mundo, sequoia gigante da Califórnia, é protegida com cobertor contra incêndio que se aproxima

Maior árvore do mundo, sequoia gigante da Califórnia, é protegida com cobertor contra incêndio que se aproxima

A General Sherman Tree é o maior ser vivo da Terra. A sequoia gigante, que fica no Parque Nacional das Sequoias, na Califórnia, tem 83 metros de altura e 11 metros de diâmetro em sua base. Estima-se que tenha aproximadamente 2 mil anos. E agora, ela e outras sequoias tão antigas e enormes como ela estão ameaçadas pelos incêndios florestais que se alastram pelo estado americano.

Para protegê-las, já que as chamas de um dos muitos incêndios que ainda estão sem controle na Califórnia estão chegando cada vez mais perto, assim como a fumaça, bombeiros decidiram envolver as bases das árvores em cobertores de alumínio. O museu e alguns outros edifícios do parque, que está fechado para visitação pública, também foram cobertos com o material.

“O alumínio só está sendo colocado nas bases. A ideia é evitar que o fogo terrestre atinja a árvore onde há maior probabilidade de queimar, que é perto do solo”, explicou Rebecca Paterson, porta-voz do parque.

Maior árvore do mundo, sequoia gigante da Califórnia, é protegida com cobertor contra incêndio que se aproxima

A base da maior árvore do planeta, a sequoia gigante, protegida contra o fogo

A medida foi tomada após as autoridades locais perceberem que o incêndio Colony está indo em direção à chamada Giant Forest, a Floresta das Gigantes, onde existem mais de 2 mil sequoias.

“A boa notícia é que, hoje em particular, o comportamento do fogo tem sido bastante moderado, com uma propagação lenta”, ela informou.

No ano passado, os incêndios que atingiram o parque queimaram entre 10% e 14% de toda a população mundial de sequoias gigantes (Sequoiadendron giganteum).

“Elas parecem eternas de uma perspectiva humana, mas os últimos anos mostraram que mesmo esses grandes sobreviventes são vulneráveis a ameaças em um mundo em mudança”, afirmam os administradores do parque.

Maior árvore do mundo, sequoia gigante da Califórnia, é protegida com cobertor contra incêndio que se aproxima

Registro das árvores queimadas em 2020

Os especialistas explicam, entretanto, que o fogo periódico é um componente saudável e essencial dos ecossistemas que produzem sequoias gigantes. Sem ele, a madeira morta e a rasteira e vegetação rasteira se acumulam rapidamente e torna-se muito difícil para as sementes da árvore germinarem. A administração, inclusive, realiza ações de fogo controlado de tempos em tempos. Todavia, vale ressaltar, que os incêndios são benéficos quando em pequena proporção, não como os desastres catastróficos e sem controle que temos visto ultimamente.

Só entre os meses de julho e agosto, a Califórnia teve 670 mil hectares de vegetação queimada. Mais de 2 mil casas e edifícios foram destruídos ou tiveram suas estruturas danificadas. Quase 35 mil pessoas foram instruídas a abandonar suas residências nas últimas semanas. Eram 17 focos de fogo ativos.

Maior árvore do mundo, sequoia gigante da Califórnia, é protegida com cobertor contra incêndio que se aproxima

As chamas se alastrando pelo Parque Nacional das Sequoias no começo desta semana

Fotos: reprodução Facebook Sequoia and Kings Canyon National Parks

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Deixe uma resposta