PUBLICIDADE

Engenheiros conseguem substituir 100% dos agregados convencionais do concreto por borracha de pneus descartados

Engenheiros conseguem substituir 100% dos agregados convencionais do concreto por borracha de pneus descartados

Atualmente a construção civil consome 1/3 da energia gasta no planeta e é responsável também por 1/3 das emissões globais de CO2. E um dos principais responsáveis por esse enorme impacto ambiental do setor é o concreto. Usado na construção de casas, pontes, avenidas e obras em geral, estima-se que ele é o segundo produto mais consumido no mundo. Sua produção requer a extração de brita e areia, o transporte dessas matérias-primas e um consumo enorme de água.

Mas pesquisadores da Escola de Engenharia da Universidade RMIT, na Austrália, desenvolveram um novo método para a produção de concreto, utilizando borracha de pneus descartados. Os engenheiros conseguiram substituir 100% dos agregados convencionais do concreto, como cascalho e brita, por esses resíduos reciclados.

A equipe da RMIT acredita que a nova tecnologia, mais sustentável, poderá reduzir significativamente os custos de fabricação e transporte.

Ainda de acordo com Mohammad Momeen Ul Islam, um dos pesquisadores envolvidos no desenvolvimento do processo e principal autor de um artigo científico que o detalha, já tinham sido feitas tentativas anteriores para usar a borracha, mas sem sucesso.

“Demonstramos com nosso método de moldagem que essa limitação percebida de décadas no uso de grandes quantidades de partículas grossas de borracha no concreto agora pode ser superada”, garante Islam. “A técnica envolve o uso de moldes de fundição recém-projetados para comprimir o agregado de borracha grossa em concreto fresco que melhora o desempenho do material de construção”.

Engenheiros conseguem substituir 100% dos agregados convencionais do concreto por borracha de pneus descartados

A nova mistura de concreto usando partículas de borracha de pneus reciclados
(Foto: Mohammad Islam, RMIT)

Aproximadamente 1,2 bilhão de pneus são jogados fora no mundo todos os anos. Em alguns países, eles fazem parte do sistema de logística reversa, em que fabricantes são obrigados a dar o destino correto a seus produtos após a sua vida útil. Todavia, em muitos lugares, eles vão despejados em lixões e aterros sanitários, ou até mesmo, incinerados.

“Substituir os agregados convencionais do concreto por borracha de pneu usada pode reduzir significativamente o consumo de recursos naturais e assim minimizar o grande desafio ambiental do que fazer com eles após o uso”, destaca Jie Li, professor da RMIT. “Esse concreto mais verde e leve também pode reduzir bastante os custos de fabricação e transporte. Isso beneficiaria uma série de desenvolvimentos, incluindo projetos habitacionais de baixo custo em partes rurais e remotas da Austrália e outros países ao redor do mundo”.

Agora os engenheiros pretendem focar no desenvolvimento de um processo para a produção em larga escala do concreto feito a partir de pneus reciclados.

Engenheiros conseguem substituir 100% dos agregados convencionais do concreto por borracha de pneus descartados

Segundo os pesquisadores, o concreto é mais leve, mas ainda assim, resistente
(Foto: Mohammad Islam, RMIT)

*Com informações adicionais do Instituto Brasileiro do Concreto 

Leia também:
Concreto fotovoltaico: a inovação (sustentável) da construção civil
Todas as paredes podem ser vivas com o concreto verde
“Políticas públicas sérias para mudanças climáticas precisam focar a construção civil”
Arquitetos apostam em jardim vertical para reduzir barulho e poluição na construção civil

Foto de abertura: domínio público/pixabay

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE