#NatalSemFome: ajude a levar comida para 600 mil famílias de todo o país

#NatalSemFome: ajude a levar comida para 600 mil famílias de todo o país durante a maior campanha de mobilização solidária da América Latina

Há uma fábula que diz que um beija-flor tentava apagar um incêndio na floresta levando água no bico. Ele tinha consciência de que sozinho não conseguiria, mas acreditava que, se cada animal da floresta fizesse a sua parte, o fogo iria cessar. A história era contada frequentemente pelo sociólogo Herbert de Souza, carinhosamente conhecido como Betinho, que fundou o movimento Ação Cidadania, em 1993. A ideia era criar uma imensa rede de mobilização que atravessasse o país para ajudar milhões brasileiros que tinham fome.

A fábula do beija-flor foi usada como inspiração para a campanha 2021, que a Ação Cidadania lançou no último final de semana, no Rio de Janeiro, com centenas de pessoas empurrando carrinhos de compras vazios para representar a situação de insegurança alimentar que 116,8 milhões de brasileiros enfrentam e os outros 19 milhões que passam fome no país, segundo dados da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional.

Este ano, a campanha Natal Sem Fome – a maior de mobilização solidária da América Latina – , pretende alimentar 600 milhões de famílias. O artista e grafiteiro Marcelo Ment assina a arte do beija-flor que aparece no material de divulgação.

“O Natal Sem Fome simboliza a nossa luta e esperança por dias melhores para a população que vem sofrendo com a falta de comida. A expectativa é que essa seja a maior campanha da história da Ong, esperamos arrecadar pelo menos R$ 30 milhões em todo o país”, explica Rodrigo “Kiko” Afonso, diretor-executivo da Ação da Cidadania.

“A fome não tem vacina. A cura só vem através das políticas públicas. Por isso a gente pede que cada um dê asas a sua solidariedade e nos ajude, porque quem tem fome, tem pressa. A nossa meta é arrecadar seis mil toneladas de alimentos em todo o país para distribuir para 2,5 milhões de pessoas”, reforça Daniel Souza, presidente do Conselho da Ação da Cidadania.

Então, que tal ajudar agora?! Para doar é super fácil! Cada R$1 doado se transforma em um prato de comida. Acesse já o link da campanha #NatalSemFome e faça a diferença na vida de tantos brasileiros!


*Betinho faleceu em 1997, e em 2007, depois de dez anos sem ser realizado, o Natal Sem Fome foi relançado, com a  parceria de duas agências da ONU — a UNESCO e FAO.

Imagem: campanha #NatalSemFome

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Deixe uma resposta