Wildlife Photographer of the Year revela finalistas de 2015

tubarão e surfista

Promovida pelo Museu de História Natural do Reino Unido e a rede BBC desde 1965, a competição internacional Wildlife Photographer of the Year reúne anualmente as melhores imagens de vida selvagem registradas por fotógrafos de natureza. Além de promover o trabalho destes profissionais, o objetivo da entidade é levar estes registros até milhões de pessoas e assim, conscientizá-las sobre a importância da preservação e conservação da fauna do planeta.

Todos os anos, o museu recebe milhares de imagens, vindas de mais de 100 países. Alguns fotógrafos brasileiros já ficaram entre os finalistas na competição, entre eles, nossos colaboradores no Blog Por Trás das Câmeras, aqui no Conexão Planeta, Zig Koch, João Marcos Rosa, Marcos Amend e Adriano Gambarini.

A partir de 16 de outubro, o museu britânico abrirá a mostra com os finalistas do Wildlife Photographer of the Year 2015. Os visitantes poderão conferir de perto as imagens – e as histórias de como foram conseguidas.

Histórias como a do fotógrafo russo Andrey Gudkov, que conseguiu flagrar a luta de dois dragões-de-komodo pela fêmea (veja esta e outras finalistas mais abaixo). O animal é o maior lagarto do planeta. Pode ter até 3 metros de comprimento e pesar mais de 100 quilos. Ao morder sua presa, injeta uma substância venenosa, que mata o oponente. A imagem abaixo foi tirada na Ilha de Rinca, na Indonésia, país onde vivem entre 3 e 5 mil dragões.

Outra finalista do Wildlife Photographer of the Year é a imagem espetacular do surfista nadando ao lado do tubarão, na África do Sul (que abre este post). Foi feita por Thomas P. Peschak, considerado recentemente como um dos mais influentes fotógrafos de natureza do mundo. A prancha, em que o surfista está, é um protótipo que emite ondas eletromagnéticas, que impedem que o tubarão se aproxime. A ideia é evitar a morte dos animais, já que a região, muito popular para o surfe, também é habitat de tubarões. Para impedi-los de atacar os surfistas, são colocadas redes, que acabam os matando.

Confira abaixo outras imagens, que estão entre as classificadas no Wildlife Photographer of the Year 2015:

elefantes na áfrica

coelho na neve
esquilo e gavião

gorila em atendimento

paisagem na neve

revoada de pássaros brancos


Fotos: Divulgação Wildlife Photographer of the Year 2015

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Deixe uma resposta