PUBLICIDADE

Tela do cavalo Caramelo arrecada mais de R$ 100 mil em leilão pelas vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul

Tela do cavalo Caramelo arrecada mais de R$ 100 mil em leilão pelas vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul

Foi realizado na noite de segunda-feira (13/05) o leilão beneficente “Martelo Solidário – Levanta Rio Grande”, em prol das vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul, que tinha como principal destaque uma tela com Caramelo, cavalo resgatado na semana passada, em Canoas, após ficar dias ilhado, em cima de um telhado.

O quadro do artista plástico argentino José Acuña, que mora há 16 anos em Porto Alegre, foi arrematado por R$ 130 mil. Na pintura, o animal é retratado na cena em que ele ficou conhecido em todo o país, comovendo milhares de brasileiros.

Caramelo virou uma celebridade nacional e um símbolo de resistência diante da maior tragédia climática do Rio Grande do Sul.

Organizado pelo Sindicato dos Leiloeiros Rurais do Rio Grande do Sul (Sindilei-RS), o leilão arrecadou no total R$ 1,2 milhão. Estavam entre os 94 lotes disponibilizados também uma prancha doada pelo surfista Gabriel Medina, duas camisas, do Santos e da Seleção Brasileira, assinadas pelo Rei Pelé e uma blusa usada pela modelo gaúcha Gisele Bündchen em seu último desfile antes da aposentadoria.

Enquanto isso, Caramelo segue sendo muito bem tratado pela equipe do hospital veterinário da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra). No boletim médico divulgado nesta terça-feira (14/05), foi informado que ele não apresenta mais o quadro de desidratação, observado logo após seu resgate, e agora está apenas tratando algumas lesões de pele e recebendo suplementos. Ele precisa ganhar peso, porque está 50 kg abaixo do ideal.

Algumas pessoas já apareceram na Ulbra alegando serem tutoras de Caramelo, entretanto, até agora, não há confirmação de fato sobre a quem pertencia. A suspeita é que ele era usado para puxar uma carroça, devido a marcas que ele possui na face.

Apesar de haver interessados na adoção do cavalo, entre eles, algumas celebridades, como o casal de atores Bruno Gagliasso e Giovana Ewbank, que possuem uma fazenda na região serrana do Rio de Janeiro, são grandes as chances de que ele fique mesmo vivendo na fazenda-escola do hospital universitário de Canoas, ao lado de outros animais resgatados.

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Ulbra (@ulbrabr)

——————————-

Agora o Conexão Planeta também tem um canal no WhatsApp. Acesse este link, inscreva-se, ative o sininho e receba as novidades direto no celular

Leia também: 
Mais de 10 mil animais de estimação e silvestres são resgatados das enchentes do Rio Grande do Sul

Imagem de abertura: quadro José Acuña

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE