Bolsonaro mente na Assembleia da ONU: “qual país do mundo tem uma política de preservação ambiental como a nossa?”

Ele usou a tribuna como palanque eleitoral e falou de um “mundo imaginário”. Disse que salvou o país “à beira do socialismo”, recuperou a economia, acabou com a corrupção, diminuiu o desmatamento, protege os indígenas e jogou a conta do empobrecimento e da fome no colo de governadores e prefeitos, ainda. Defendeu o kit precoce e a cloroquina e declarou que é contrário à imposição da vacinação – ele não se vacinou! – e do passaporte sanitário. Isto é apenas uma parte do vasto conteúdo produzido para alimentar suas redes sociais: seu discurso é quase uma colagem de tweets

Ler mais

Brasil rebece o vergonhoso Prêmio Fóssil do Ano, em duas categorias

Ao lado dos Estados Unidos e Austrália, o governo brasileiro foi “agraciado” com o título por “Reduzir a participação da sociedade civil” e “Fracassar em proteger a população dos impactos climáticos”

Ler mais

“O maior inimigo do meio ambiente é a pobreza” disse Paulo Guedes, em Davos. E acrescentou: “Destróem tudo porque têm fome”

No primeiro dia do Fórum Econômico Mundial que, este ano, destaca a preservação ambiental, o ministro da economia fez essa declaração desastrosa, que provocou participantes do evento e especialistas

Ler mais

O vexame escandinavo de Michel Temer

Em sua primeira viagem oficial à Noruega, o presidente teve como saldo de sua visita um puxão de orelha dos noruegueses, um humilhante corte de doação internacional, um protesto de rua — e uma gafe

Ler mais