Belo Monte abala saúde mental dos ribeirinhos, que vivem traumas sociais até hoje não reparados

Moradores expulsos de suas casas com a inundação para construção da hidrelétrica pela Norte Energia, da noite para o dia, foram transformados em pobres urbanos e periféricos, e sofrem de transtornos psiquiátricos, diabetes, cardipopatias e hipertensão, além de abusarem de drogas e álcool. Clínica do Cuidado da USP, formada por psicanalistas e psiquiatras, enviou para o Ibama e outros órgãos nota técnica na qual pede que a licença de operação da usina não seja renovada

Ler mais