Talibã convoca apenas alunos do sexo masculino para volta às aulas no Afeganistão

“Isso é vergonhoso e nada novo. No passado, o Talibã impôs uma proibição “temporária” à educação de meninas que durou cinco anos. Eles estão testando nossa determinação. Exigimos que os líderes lutem pelo direito das meninas afegãs de ir à escola”, escreveu a ativista paquistanesa Malala Yousafza

Ler mais

Talibã proíbe meninas e mulheres de praticarem esportes no Afeganistão

“Muitas mulheres, inclusive eu, usaram os esportes como meio de capacitação, inclusão e ativismo. Todos os anos de dedicação, sacrifícios e amor simplesmente desapareceram pelo inimigo da humanidade”, lamentou Khalila Popal, ex-capitã da seleção feminina de futebol

Ler mais

Artista afegã mostra a beleza, a dor e o sofrimento de seu povo através da pintura

“Sempre quis mostrar as melhores imagens do meu país através das minhas obras, mas hoje não sobrou nada para nós, voltamos há 20 anos. Meu querido Afeganistão, em nome do mundo, sinto muito pelo silêncio do mundo”, escreveu Sara Rahmani, imigrante afegã que mora nos Estados Unidos

Ler mais

Alunas e professoras de escola afegã para meninas chegam com segurança em Ruanda, mas sonham com mudança apenas temporária

“Eu olho para minhas alunas e vejo os rostos de milhões de garotas afegãs, que ficaram para trás. Essas meninas não podem ir embora e você não pode desviar seu olhar. Se há uma coisa que peço ao mundo, é esta: não desvie os olhos do Afeganistão”, diz Shabana Basij-Rasikh, co-fundadora da escola SOLA, que em pachto significa paz

Ler mais

Airbnb dará moradia temporária para 20 mil refugiados afegãos

“À medida que dezenas de milhares de refugiados afegãos se reassentam em todo o mundo, onde ficarem será o primeiro capítulo de suas novas vidas. Minha esperança é que a comunidade do Airbnb forneça a eles um lugar seguro para descansar e recomeçar”, afirmou Brian Chesky, CEO e fundador da empresa

Ler mais

Com medo do Talibã, ativista e capitã da seleção paralímpica de basquete do Afeganistão foge para Espanha, onde é recebida por time local

Nilofar Bayat tinha apenas dois anos quando um foguete lançado pelo Talibã atingiu sua casa no Afeganistão. Além de perder o irmão, ela teve sérios ferimentos na espinha dorsal e com isso, ficou com problemas de mobilidade. “Eu sou uma prova de quão perigoso é o Talibã. E de como viver no Afeganistão é difícil: não há futuro nem esperança”, diz.

Ler mais

Ex-capitã da seleção de futebol do Afeganistão recomenda que jogadoras se livrem de uniformes e apaguem redes sociais

“Isso é doloroso para mim, para alguém como ativista que se levantou e fez todo o possível para conquistar e ganhar essa identidade como jogadora da seleção feminina. Para ganhar aquele distintivo no peito, para ter o direito de jogar e representar o nosso país, quanto nos orgulhamos”, lamentou Khalida Popal

Ler mais

Talibã diz no Afeganistão que respeitará direitos das mulheres, mas há ceticismo mundial

Segundo o grupo, direitos “estabelecidos pela lei islâmica” serão mantidos. Mas há muito temor e já relatos de mulheres que foram mandadas para casa por seus empregadores. Ativistas afirmam que não serão silenciadas

Ler mais

“Estou profundamente preocupada com as mulheres do Afeganistão”, diz Malala

A ativista e Nobel da Paz, que foi vítima da violência do Talibã, é uma das muitas vozes que demonstram temor pelo futuro do país, agora sob o controle do grupo extremista. Nas últimas duas décadas, havia aumentado o número de meninas nas escolas e de mulheres ocupando cargos públicos

Ler mais