A brevidade é o tempo entre um instante e outro

Ler o livro “O Cozinheiro Imperial”, um verdadeiro tesouro da alquimia culinária, despertou em mim uma saudade de outro quitute que não está na obra, mas esteve muito presente na minha vida. Uma mordida e ele se espalha, desmancha na boca. E o nome já é uma poesia: Brevidade

Ler mais

A couve-flor gratinada entre dois amores

Tava aqui preparando a clássica couve-flor gratinada e me lembrei de um lugar onde ouvi muito falar dessa receita nos idos dos anos 90. Aí não sei se rio ou se choro porque foi dramático. Não a receita, mas a situação

Ler mais

Sopa fria de beterraba em memória do seu Alfredo

Seu Alfredo era um homem simples, mas preocupado com o futuro dos filhos e do planeta. Da última vez que nos vimos, experimentou minha sopa de beterraba. Gostou e perguntou como eu fazia

Ler mais

Rabanada vista da janela

Essa memória não é minha. A história que eu vou contar eu vi da janela. Vi mãe e filha em tempos de Natal preparando rabanadas. Ora no Rio de Janeiro, ora em Curitiba. Pra onde a família se mudava, a tradição de servir rabanadas no Natal acompanhava

Ler mais

O finado limoeiro e a conserva de limão siciliano

Chega a um amarelo luminoso a cor perfeita desse limão. Leva tempo pra resplandecer e, aberto, transbordar de suco interior. Dele tudo se aproveita: a casca ralada pra apurar gosto de receita doce e salgada, da salada, o suco, o gomo, o limão inteiro em conserva de salmoura

Ler mais

Mafufo ou charutinho. Seja livre e chame do que quiser

O mafufo (ou charutinho) pode ser de repolho, folha de uva, mas o de couve era o preferido de todo mundo. Mas seria capaz de salvar uma amizade de longa data?

Ler mais

Angu pra não ficar borocochô

Enquanto você vai com o fubá, já tô voltando com o angu pronto. Ah, que bom! Volta, sim. Volta e me traz ele quentinho, purinho, sem complicação, sem muita feitura, sem demora nem pressa. Um angu com dengo, com chamego

Ler mais

Deu errado, mas a gente segue com a mão na massa do ravióli de abóbora

Fazia quatro meses que eu não via minha mãe. Só por celular, telefone, vídeo. Tem uma hora que a gente não aguenta. Então, decidimos ir pra Minas e não ir de mãos abanando. Preparei um pão italiano. E fiz também um ravioli de abóbora

Ler mais

A visita trouxe rolinho de berinjela

“Sinto um cheiro fresco. Levo a mão até a comida, levanto o papel toalha, apalpo o conteúdo. Lambuzo a ponta do dedo com azeite, afundo um pouco numa textura macia, fria, lisinha… É a berinjela? Com ricota?”

Ler mais

Pão é partilha. Receita também!

Nesses dias de isolamento, tem muita gente redescobrindo a cozinha e a arte de fazer pão. Minha receita vem comigo desde a infância. Receita da vó que passou pra mãe que passou pra mim e que eu tô passando pra você agora

Ler mais