Wuhan, epicentro da pandemia de coronavírus na China, proíbe consumo e criação de animais selvagens

Quando o mundo atinge a triste marca de 5 milhões de pessoas contaminadas pela COVID-19 e quase 330 mil mortes, cidade chinesa, que teve os primeiros casos da doença, adota medidas para banir a comercialização de animais selvagens, incluindo, os aquáticos. Todavia, medida é por apenas cinco anos

Ler mais

“Talvez a maior ameaça à resposta à Covid-19 para o Brasil seja Bolsonaro”, diz uma das mais respeitadas revistas científicas do mundo

Em editorial, a Lancet afirma que Bolsonaro continua semeando confusão, desprezando e desencorajando abertamente as sensatas medidas de distanciamento físico e colocando em risco a vida de milhões de brasileiros

Ler mais