Pesquisadoras desenvolvem técnica menos agressiva para detectar agrotóxicos em abelhas, pólen e mel

Os métodos desenvolvidos por elas no Instituto de Química de São Carlos, da USP, oferecem resultados mais eficientes e utilizam muito menos abelhas: no caso das africanas, 50 vez menos, e, da jataí-amarela, 500 vezes. Ao saber da exposição de suas colmeias aos agroquímicos, os produtores podem evitar prejuízos, transferindo-as para outro local, por exemplo

Ler mais

Aeroporto da Finlândia começa a usar cães para detectar passageiros contaminados com o coronavírus

Testes realizados por pesquisadores da Universidade de Helsinki indicaram que cachorros conseguem detectar a presença do vírus da COVID-19 com praticamente 100% de precisão

Ler mais

Pesquisadores desenvolvem teste de sangue rápido e barato que detecta qualquer tipo de câncer

Teste criado por cientistas da Universidade de Queensland, na Austrália, tem o resultado revelado em apenas 10 minutos e precisão de 90%. A doença é a segunda causa de mortes no mundo, com 9,6 milhões de vítimas por ano

Ler mais