“Cação é tubarão” é o alerta aos consumidores brasileiros na nova campanha da Sea Shepherd

Brasil é atualmente o maior importador e consumidor de carne de tubarão do mundo. Mas infelizmente, não existe nenhuma legislação que exija a rotulagem correta desses alimentos, informando, por exemplo, qual espécie de tubarão e raia está sendo vendida. E o que acaba em nossos pratos muitas vezes são aquelas ameaçadas de extinção

Ler mais

Adição de algas à ração do gado diminui emissão de metano, gás associado ao aquecimento global

Em seu processo natural de digestão, o gado produz o metano. O problema é que o consumo humano de carne vermelha explodiu no mundo todo e com isso, a emissão desse gás de efeito estufa. Mas pesquisadores descobriram que a adição de pequena quantidade de uma alga vermelha pode reduzir a emissão em 82%

Ler mais

Peixes em reservatório no Paraná apresentam contaminação por metais pesados e agrotóxicos já banidos no país

Foram detectadas substâncias proibidas há cerca de 30 anos no Brasil e no mundo. A mais famosa é o DDT, um composto desenvolvido na Segunda Guerra Mundial e que possui um potencial extremamente tóxico para a fauna, a flora, assim como para a saúde humana

Ler mais

Peixes mais consumidos por indígenas e ribeirinhos do Amapá contêm altíssimas concentrações de mercúrio

No pirapucu, pesquisadores detectaram níveis de mercúrio quatro vezes maiores do que o permitido pela Organização Mundial de Saúde

Ler mais

“Se não restabelecermos equilíbrio entre natureza e homem, pandemias como essa se tornarão mais comuns”, alertam cientistas

Assim como no caso da COVID-19, animais estão na origem de outras pandemias que já tiraram a vida de milhares de pessoas, como Ebola, MERS e as gripes aviária e suína. “A ciência é clara ao dizer que, se continuarmos explorando a vida selvagem e destruindo ecossistemas, podemos esperar um fluxo constante de doenças transmitidas de animais para seres humanos nos próximos anos”, afirmam pesquisadores em novo estudo

Ler mais

Wuhan, epicentro da pandemia de coronavírus na China, proíbe consumo e criação de animais selvagens

Quando o mundo atinge a triste marca de 5 milhões de pessoas contaminadas pela COVID-19 e quase 330 mil mortes, cidade chinesa, que teve os primeiros casos da doença, adota medidas para banir a comercialização de animais selvagens, incluindo, os aquáticos. Todavia, medida é por apenas cinco anos

Ler mais

Shenzhen é a primeira cidade da China a proibir o consumo de carne de cães e gatos

Diante da pandemia de coronavírus, que já contaminou mais de 1 milhão de pessoas no mundo e provocou a morte de quase 53 mil, cidade chinesa torna ilegal hábito milenar no país asiático

Ler mais

Epidemia de coronavírus faz com que China proíba consumo de animais selvagens

A decisão inclui a caça, o comércio, o transporte e o consumo de todos os animais selvagens terrestres, criados em cativeiro ou capturados, como burros, cachorros, veados e pangolins. Entidades ambientais celebram a medida

Ler mais

Em carta aberta, veterinários recomendam que não se consuma pescado nas áreas afetadas pelas manchas de óleo

Profissionais que trabalham com fauna marinha afirmam que governo deve rever seu discurso, “alinhando-o ao conhecimento científico”. Para eles, é indiscutível que os pescados provenientes do litoral nordestino correm grande risco de estarem contaminados

Ler mais

“Peixe é inteligente, quando vê mancha de óleo, foge”, diz secretário da Pesca, para tranquilizar população

Apesar de pesquisadores da Universidade da Bahia terem encontraram óleo nos aparelhos digestivos e respiratórios de 100% dos peixes, moluscos e crustáceos analisados, Jorge Seif Júnior garante “Podem consumir seu peixinho, lagosta ou camarão, sem problema nenhum”

Ler mais