Conselho de Direitos Humanos da ONU alerta sobre enfraquecimento de leis ambientais no Brasil durante a pandemia

“A redução da aplicação das leis ambientais durante a pandemia levou ao aumento da mineração e extração ilegal de madeira, com impacto particularmente prejudicial aos povos indígenas”, ressaltou Michellet Bachelet, Alta Comissária da Organização das Nações Unidas (ONU)

Ler mais

Mais de 300 ativistas dos direitos humanos foram assassinados em 2020, revela relatório global

O continente mais perigoso é a América Latina. A Colômbia foi o país que matou mais ativistas: 177 pessoas, o que representa mais da metade do total. O Brasil ficou em sexto lugar, com 16 mortos, perdendo para o Afeganistão, o México e Honduras e Filipinas. 2/3 dos assassinados promoviam a proteção do meio ambiente, da terra e os direitos do povos indígenas (69%), e quase 1/3 eram indígenas

Ler mais

Ver a ararinha-azul de volta à natureza é o sonho (e a luta) de Lourdes e Damilys Oliveira

Mãe e filha são referência em conservação na Caatinga baiana, onde vivem, entre Curaçá e Juazeiro, região conhecida como única morada da bela ararinha-azul, – declarada extinta desde 2001, mas que será reintroduzida em 2022

Ler mais

Protesto em Londres denuncia genocídio e o impacto da Covid-19 entre os povos indígenas do Brasil

Para marcar o Dia Internacional dos Povos Indígenas, 9/8, e divulgar o financiamento coletivo de plano de enfrentamento à doença idealizado pelos próprios indígenas, ativistas tingiram as águas das icônicas fontes e a escadaria de Trafalgar Square, em frente à National Gallery

Ler mais

Brasil é o terceiro país que mais mata ativistas ambientais. E pode piorar com a pandemia

Em 2019, foram assassinados 24 ambientalistas, entre eles 10 indígenas, o que coloca o Brasil atrás apenas de Colômbia e Filipinas no relatório da organização Global Witness. Os analistas identiicaram o agravamento das ameacas e ataques com a pandemia e se preocupam com nosso país

Ler mais

‘Quem é Ela?’: o jogo de tabuleiro sobre mulheres extraordinárias que mudaram o mundo

Jogo desenvolvido por artista polonesa traz 28 personalidades mundiais, como Frida Kahlo, Harriet Tubman e Malala Yousafzai, que devem ser fonte de inspiração para meninas e meninos. “Elas tiveram a coragem de ser diferente e assumir riscos”, diz Zuzia Girard

Ler mais

1230 cientistas e ativistas pedem, em carta publicada na revista Nature, ação global para restaurar a política ambiental no Brasil

O manifesto destaca que os ecossistemas brasileiros são fundamentais para a humanidade e que o enfraquecimento de nossa governança ambiental coloca o futuro de todos em risco. Portanto, não diz respeito apenas ao governo Bolsonaro

Ler mais

Mais de 500 organizações, cientistas, jornalistas e ativistas lançam manifesto em defesa da democracia no Brasil

“Pela primeira vez, em mais de três décadas, vemos demonstrações de retrocesso em algumas liberdades fundamentais duramente conquistadas”, diz o texto da carta, em alerta divulgado na COP25, na Espanha

Ler mais

Amazônia Centro do Mundo: indígenas, ribeirinhos, cientistas e ativistas redigem manifesto pelo futuro

Em novembro, a Universidade Federal do Pará, em Altamira, reuniu brasileiros que lutam pela preservação da Amazônia e pelos direitos dos povos da floresta. Vamos assinar o texto amoroso que resultou desse encontro?

Ler mais

Greta e DiCaprio: o encontro de dois guerreiros pelo clima

“É por causa de Greta e de jovens ativistas no mundo todo que estou otimista sobre o que o futuro nos reserva. Foi uma honra passar algumas horas com Greta. Ela e eu assumimos o compromisso de nos apoiar, na esperança de garantir um futuro melhor para o nosso planeta”, disse DiCaprio

Ler mais