PUBLICIDADE

Seis milhões de antílopes e a maior migração de animais terrestres do planeta

Seis milhões de antílopes e a maior migração de animais terrestres do planeta, no Sudão do Sul

É no continente africano que ocorrem algumas das migrações de animais mais impressionantes do planeta. Mas nenhuma delas parece se equiparar àquela que acontece no Sudão do Sul, onde anualmente cerca de 6 milhões de antílopes ao longo dos Parques Nacionais de Boma e Badingilo, no sudeste do país, até a Etiópia.

O número acaba de ser confirmado oficialmente pelo governo sudanês e a organização African Parks, que realizaram um levantamento de proporções monumentais para estimar a dimensão da migração desses antílopes na África.

O censo foi realizado entre o final de abril e meados de maio, quando termina a chamada Grande Migração do Nilo. Para poder cobrir uma área de mais de 120 mil km2 foram usados dois aviões, equipados com câmeras programadas para tirar fotos a cada dois segundos. Durante as três semanas, foram registradas 330 mil imagens.

PUBLICIDADE

Além das aeronaves, os pesquisadores acompanharam o sinal de rádio instalado em colares colocados em 251 mamíferos de grande porte, e assim estimar, a distância percorrida.

O resultado apontou que a manada de milhões de antílopes, de diferentes espécies, acompanhados de girafas, leões, elefantes e búfalos, forma a maior migração de animais terrestres do mundo, superando a jornada de 2 milhões de gnus, zebras e gazelas pelo Parque de Parque Serengeti, entre a Tanzânia e o Quênia.

“Os resultados desta pesquisa são simplesmente surpreendentes. A escala surpreendente da migração só é igualada pela responsabilidade de garantir que ela sobreviva no futuro num cenário extremamente complexo”, diz Peter Fearnhead, CEO da African Parks. “Esta vida selvagem e um ecossistema maior são a base para a sobrevivência de múltiplos grupos étnicos que estão frequentemente em conflito entre si por causa dos recursos. A gestão bem sucedida desta paisagem só será possível através da construção de confiança com e entre estes grupos étnicos.”

Seis milhões de antílopes e a maior migração de animais terrestres do planeta, no Sudão do Sul

Um dos aviões que fez parte do levantamento da maior migração de animais terrestres do planeta
Foto: Marcus Westberg / African Parks

O Sudão do Sul se tornou independente do Sudão em 2011. Dois anos depois houve um golpe de Estado e o começo de uma guerra civil. Mesmo com a assinatura de um acordo de paz entre os envolvidos no conflito, o país ainda sofre com a violência entre diferentes tribos e comunidades.

Muitos grupos étnicos vivem dentro da região de Boma e Badingilo, incluindo Dinka, Murle, Anyuak, Jie, Toposa, Nyangatom, Nuer, Mudari, Bari, Lokyoya, Madi, Lolubo, Ari, Lopit, Latuka, Boya e Didinga. “Cada um deles têm tradições culturais diferentes e atividades de subsistência firmemente enraizadas e fortemente dependentes da vida selvagem e das vastas paisagens que habitam”, explica a African Parks.

“As ameaças já são bastante claras com a caça furtiva comercial da vida selvagem a uma escala que nunca testemunhamos antes. Trabalhar com estas comunidades locais para proteger este ecossistema vital ajudará a perpetuar este fenômeno global, ao mesmo tempo que trará estabilidade, segurança e proteção e criará um futuro sustentável para as pessoas que vivem nesta área”, ressalta Fearnhead.

Seis milhões de antílopes e a maior migração de animais terrestres do planeta, no Sudão do Sul

Espetáculo fascinante: cerca de 6 milhões de antílopes em sua migração anual
Foto: Marcus Westberg / African Parks

Seis milhões de antílopes e a maior migração de animais terrestres do planeta, no Sudão do Sul

Além dos antílopes, outros grandes mamíferos, como as girafas também acompanham
a jornada migratória no Sudão do Sul
Foto: Marcus Westberg / African Parks

Abaixo o vídeo divulgado pela African Parks, com imagens belíssimas e impressionantes:

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

A post shared by African Parks | Conservation NGO (@africanparksnetwork)

—————————–

Acompanhe o Conexão Planeta também no nosso canal no WhatsApp. Acesse este link, inscreva-se, ative o sininho e receba as novidades direto no celular

Leia também:
O espetáculo da migração do papagaio-charão
Peixes amazônicos com mais longa migração em água doce do mundo entram em lista de proteção internacional

Censo aponta migração recorde de borboletas-monarcas, pelo segundo ano consecutivo

Foto de abertura: Marcus Westberg / African Parks

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE