‘Scinax tropicalia’: a nova espécie de perereca da Mata Atlântica que homenageia o Tropicalismo

'Scinax tropicalia': a nova espécie de perereca da Mata Atlântica que homenageia o Tropicalismo

Durante muito tempo acreditou-se que a Scinax tropicalia era a Scinax x-signatus. Esta última é uma espécie de perereca bastante comum em áreas de Mata Atlântica, no sul da Bahia. Todavia, alguns pesquisadores, entre eles, Gabriel Novaes, do Programa de Pós-Graduação em Zoologia da Universidade Estadual de Santa Cruz, em Ilhéus, desconfiaram que, na verdade, alguns indivíduos eram de uma espécie diferente.

Ao longo dos últimos anos, ao fazer a coleta e análise de algumas pererecas, o biólogo identificou diferenças com a Scinax x-signatus. “Elas possuem uma coloração diferente na parte interna das pernas e nas proporções da cabeça, e ainda, características distintas das vocalizações. Os anfíbios machos cantam para atrair as fêmeas durante o período de reprodução e cada espécie emite um som próprio”, explica Novaes.

Com esses dados, chegou-se então à conclusão que havia uma nova espécie na região, a Scinax tropicalia. A descoberta foi divulgada em artigo científico na publicação internacional Zootaxa.

“É o que corriqueiramente chamamos de “espécie nova”, isto é, que até então não era formalmente reconhecida pela comunidade científica como uma espécie biológica única, nem tinha um nome científico próprio”, diz o biólogo.

De acordo com os pesquisadores, esta espécie de anfíbio vive em ambientes de matas úmidas e já foram observadas populações não apenas nas florestas tropicais do sul baiano, mas no alto da Serra de Baturité, no Ceará.

O mais interessante da nova espécie de perereca brasileira é que seu nome científico homenageia um dos mais importantes movimentos artísticos de nossa cultura, o Tropicalismo, daí o Scinax “tropicalia”.

Inclusive, para divulgar a descoberta em suas redes sociais, Novaes fez uma montagem com uma foto de um indivíduo de Scinax tropicalia e a capa do álbum de 1968 de Caetano Veloso, que inaugurou a Tropicália (imagem mais abaixo).

“Dêem as boas vindas ao Scinax tropicalia! Portanto, temos mais um motivo para preservar e defender as florestas! Viva a Scinax tropicalia! Viva a Mata Atlântica! Viva a biodiversidade! Viva a ciência!”, celebrou o pesquisador em seu Instagram.

'Scinax tropicalia': a nova espécie de perereca da Mata Atlântica que homenageia o Tropicalismo

Leia também:
Nome de nova espécie de perereca descoberta em Pernambuco homenageia Luiz Gonzaga e ganha até baião do neto do cantor

Perereca rara, que além de pular, consegue caminhar, é encontrada em Rondônia
América do Sul abriga mais de 2,5 mil espécies de sapos, rãs e pererecas
Rãs, pererecas e sapos infectados por nanavírus são descobertos na Mata Atlântica
Perereca descoberta no sul da Bahia recebe sobrenome do escritor Jorge Amado

Fotos: Gabriel Novaes

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Um comentário em “‘Scinax tropicalia’: a nova espécie de perereca da Mata Atlântica que homenageia o Tropicalismo

  • 13 de abril de 2021 em 11:03 PM
    Permalink

    Deus abençoe essa fofa e a livre do mal, amém.

    Resposta

Deixe uma resposta