Salvador ganha o Parque Marinho da Barra, mais um aliado na preservação das riquezas naturais da capital baiana

Salvador ganha o Parque Marinho da Barra, mais um aliado na preservação das riquezas naturais da capital baiana

Há poucas semanas a prefeitura de Salvador começou a instalar as boias de sinalização náutica que irão demarcar o perímetro do novo Parque Natural Municipal Marinho da Barra, uma Unidade de Conservação de Proteção Integral, localizada em uma das áreas mais famosas e visitadas da capital da Bahia, entre os Fortes de Santa Maria e Santo Antônio (mais conhecido como o Farol da Barra), na Baía de Todos os Santos.

O parque foi criado através de um decreto, em 2019, mas só agora está ganhando a delimitação para que sua área de 322.142 m² seja protegida. As boias servirão de alerta para que embarcações motorizadas, banhistas e a população em geral conheçam os limites geográficos e os cuidados que se deve ter para a preservação do ambiente marinho local.

De acordo com a prefeitura de Salvador, mesmo com o balizamento, “não haverá mudanças em relação ao acesso das pessoas para o lazer nas praias, nem para atividades como mergulho de contemplação, surf, SUP, barcos a vela, natação e outras práticas que não gerem prejuízos à fauna ou à flora marinhas”.

Todavia, haverá regras de controle de pesca e ações que garantam o repovoamento de espécies de peixes que deixaram de existir no local. 

No novo Parque Marinho da Barra estão localizados três naufrágios que ocorreram na região nos séculos XIX e XX: o Bretagne (1903), o Germânia (1876) e o Miraldi (1875).

A ideia para a criação do parque veio de um grupo de moradores locais e contou especialmente com os esforços dos integrantes do Projeto Fundo da Folia, uma iniciativa que une mergulho voluntário nas praias da Barra com o registro e distribuição de imagens nas redes sociais.

Abaixo algumas fotos lindas, compartilhadas pela equipe do Fundo da Folia e que mostram um pouco das muitas belezas encontradas no Parque Marinho da Barra:

O parque é uma Unidade de Conservação de Proteção Integral, localizada em uma das áreas mais famosas e visitadas da capital da Bahia, entre os Fortes de Santa Maria e Santo Antônio (mais conhecido como o Farol da Barra), na Baía de Todos os Santos
O parque é uma Unidade de Conservação de Proteção Integral, localizada em uma das áreas mais famosas e visitadas da capital da Bahia, entre os Fortes de Santa Maria e Santo Antônio (mais conhecido como o Farol da Barra), na Baía de Todos os Santos
Salvador ganha o Parque Marinho da Barra, mais um aliado na preservação das riquezas naturais da capital baiana

Leia também:
Parque Marinho de Abrolhos inaugura trilha de mergulho noturno
Moradores de Salvador ganham delivery gratuito de mudas nativas da Mata Atlântica
Bolsas de artesãs de Salvador feitas com anéis de latas recicladas viram artigo de luxo e ganham o mundo

Fotos: reprodução Facebook Prefeitura de Salvador (abertura) e demais Fundo da Folia

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Deixe uma resposta