PUBLICIDADE

Robô submarino documenta espécie de lula desconhecida com ovos gigantes

Robô submarino documenta espécie de lula desconhecida com ovos gigantes

Há ainda uma imensidão de seres que compartilham o planeta conosco e nem temos conhecimento deles. Talvez seja para o melhor, assim essas criaturas estarão mais seguras, protegidas do impacto das atividades humanas na Terra. E há poucos lugares que abrigam um número tão grande dessas criaturas como as profundezas dos oceanos, lar de milhares e milhares de espécies, ainda não descritas pela ciência. Entre elas, uma lula que carrega ovos gigantes e foi documentada pela primeira vez por um robô submarino.

O registro dessa espécie desconhecida foi compartilhado pela equipe do Monterey Bay Aquarium Research Institute (MBARI). Ela foi avistada por um veículo operado remotamente no Golfo da Califórnia, no México, durante uma expedição em 2015, entretanto, só agora a notícia foi divulgada.

PUBLICIDADE

Os ovos que a fêmea carregava eram duas vezes maiores que os de outras lulas de águas profundas. Pelo vídeo gravado, os cientistas conseguiram mensurar que o comprimento do manto dela era de 221 milímetros, enquanto o tamanho médio do diâmetro do ovo era de 11,6 milímetros – quando o comum seria de 6 milímetros.

Além disso, essa fêmea estava com uma quantidade muito menor de ovos, entre 30 e 40, em comparação aos cerca de até 3 mil que uma lula gigante como ela, encontrada no fundo do mar, costuma ter.

Após a análise minuciosa das imagens e comparação com outras espécies de lulas da família Gonatidae, pesquisadores do MBARI, em parceria com colegas da Universidade do Sul da Flórida e o GEOMAR’s Helmholtz Centre for Ocean Research Kiel, estão seguros em afirmar que a fêmea avistada há nove anos é realmente uma nova espécie.

“As lulas desempenham um papel importante no oceano – são predadores ferozes e uma fonte vital de alimento para muitos animais, até mesmo humanos – mas ainda temos muito que aprender sobre aquelas que vivem nas profundezas do mar”, diz Henk-Jan Hoving, principal autor do estudo. “Robôs subaquáticos avançados estão nos ajudando a entender melhor a vida das lulas em águas profundas, revelando novas informações fascinantes sobre sua biologia e comportamento. Cada nova observação é mais uma peça do quebra-cabeça.”

Robô submarino documenta espécie de lula desconhecida com ovos gigantes

Os ovos da lula filmada no Golfo da Califórnia tinham o dobro do tamanho de espécies similares
Foto:  © 2015 MBARI

Os pesquisadores explicam ainda que, embora o cuidado materno seja comum entre os polvos, o mesmo tipo de comportamento de incubação só foi observado em poucas espécies de lulas. A maioria delas deixa aglomerados de ovos presos ao fundo do mar ou liberam massas de ovos flutuando na água. neutra.

“A incubação exige muito da mãe lula. Ela não come enquanto carrega os ovos e acaba morrendo após a eclosão dos ovos. Mas seu sacrifício aumenta as chances de sua prole sobreviver. É apenas uma das muitas adaptações notáveis ​​que podem ajudar os cefalópodes a sobreviver no fundo do mar”, ressalta Steven Haddock, cientista chefe do MBARI.

—————–

Acompanhe o Conexão Planeta também pelo WhatsApp. Acesse este link, inscreva-se, ative o sininho e receba as novidades direto no celular

Leia também:
Flagrante de uma mamãe polvo ‘chocando’ seus ovos vence um dos mais prestigiados concursos de fotografia subaquática do mundo
No fundo do mar, robô subaquático filma o comovente sacrifício de uma mãe lula por seus filhotes
Raríssima lula, com maiores órgãos de luz do mundo animal, é filmada ‘abraçando’ robô marinho
Descoberto berçário de polvos no fundo do mar na Costa Rica: até hoje só três são conhecidos no mundo todo

Foto de abertura:  © 2015 MBARI

Comentários
guest

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
JOSE MARCOS
JOSE MARCOS
1 mês atrás

Show!!!!!!

Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE