PUBLICIDADE

Registro impressionante mostra cobra se alimentando de outra serpente

Registro impressionante mostra cobra se alimentando de outra serpente

Certamente não é todo dia que biólogos conseguem fazer um documentar algo tão sensacional. O flagrante aconteceu por acaso quando pesquisadores estavam buscando uma espécie de serpente na região do Bosque Protector La Perla, uma área de floresta tropical protegida, em Santo Domingo de los Tsáchilas, no Equador.

“Assim que descemos da camionete, próximo à trilha, estava acontecendo esse espetáculo da natureza que é super-raro de se ter a sorte de ver”, escreveu o documentarista David Jácome, em suas redes sociais. “Talvez ver uma cobra se alimentando não seja tão estranho, mas vê-la se alimentando de outra é inesquecível.”

Jácome acompanhava os biólogos da Khamai Foundation, que está produzindo um livro descrevendo todas as espécies de répteis do Equador. 

PUBLICIDADE

As duas serpentes do flagrante são uma Leptodeira ornata, chamada popularmente de cobra-olho-de gato-do-norte, que estava predando uma Leptophis bocourti juvenil, conhecida como cobra-papagaio.

Em artigo na publicação Herpetology Notes, os pesquisadores descrevem o registro como sendo inédito para uma cobra-olho-de-gato. Na biologia, o termo usado para esse comportamento é ofiofagia, ou seja, o hábito de se alimentar de serpentes.

Leptodeira é um gênero que conta atualmente com 18 espécies. Os hábitos alimentares dessas cobras já foram relatados com algum detalhe e elas parecem ter preferência por anuros (incluindo sapos altamente venenosos) e seus ovos, bem como lagartos, peixes e até alguns insetos, além de caranguejos e invertebrados não artrópodes”, dizem os biólogos no artigo. “No entanto, não existem muitos relatos de Leptodeira predando outras cobras”.

Por isso o flagrante feito no Equador é tão significativo.

“A cobra-olhos-de-gato estava enrolada no caule de uma planta com cerca de 60 cm de altura, mantendo uma posição ereta com a cabeça levantada e apoiada no junção de dois ramos. Ele segurava sua presa em direção à extremidade posterior do terço médio do seu corpo, presumivelmente injetando veneno, enquanto a cobra-papagaio tentava se defender contorcendo-se e repetidamente mordendo sua predadora”, relatam os biólogos. “Apesar dos comportamentos defensivos, a cobra-olhos-de-gato permaneceu imóvel por cerca de 30 minutos até que sua presa parasse totalmente de se movimentar.”

Registro impressionante mostra cobra se alimentando de outra serpente

Predador e presa, flagrados na floresta do Equador
Foto: Amanda B. Quezada

Após ficar completamente imóvel, a cobra-papagaio foi engolida por sua predadora, sendo sua cabeça a última a desaparecer na boca da cobra-olho-de-gato.

Abaixo o vídeo impressionante com o registro do flagrante:

———————-

Acompanhe o Conexão Planeta também em nosso canal no WhatsApp. Acesse este link, inscreva-se, ative o sininho e receba as novidades direto no celular

Leia também:
Serpente da espécie mais rara da América do Norte é achada morta, engasgada com sua presa: uma centopeia!
Descobertas cinco novas espécies de belíssimas cobras-de-pestana
Cinco novas espécies de cobras são descobertas na Amazônia, entre elas, uma batizada de ‘DiCaprio’

Foto de abertura: Amanda B. Quezada

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE