PUBLICIDADE

Raríssimo jacaré branco nasce na Flórida

Raríssimo jacaré branco nasce na Flórida

O nascimento do pequeno filhote de jacaré-norte-americano (Alligator mississippiensis) com o corpo todo branco e apenas os olhos azuis surpreendeu a todos! Ele é um espécime raríssimo. Não é albino, como poderia se supor, mas apresenta uma condição genética única, o leucismo, que provoca a falta de pigmentação na pele – algumas vezes só em algumas partes do corpo.

O filhotinho considerado “absolutamente extraordinário” é uma fêmea. Mede quase 50 cm e pesa cerca de 100 gramas. Nem seu irmão, nem os pais –  Jeyan e Ashley -, são brancos. A família vive no Gatorland, um parque em Orlando, na Flórida, que também funciona como um instituto de conservação para jacarés e crocodilos.

“O leucismo em jacarés causa a coloração branca, mas eles geralmente apresentam manchas ou manchas de coloração normal na pele. Sem a pigmentação mais escura da pele, eles não podem receber luz solar direta por longos períodos de tempo porque queimam facilmente. Os jacarés leucísticos também têm olhos azuis brilhantes em comparação com os olhos rosa de um jacaré albino”, explicam os biólogos do parque.

Segundo a equipe do Gatorland, há 36 anos houve a descoberta do nascimento de filhotes com leucismo em outro estado americano, nos pântanos da Louisiana.

Agora o parque está convidando os internautas a batizar os dois novos irmãos. Para sugerir os nomes, você precisa entrar no perfil dele no Instagram.

 

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

A post shared by Official Gatorland Instagram (@gatorland_orlando)

Qual a diferença entre um jacaré e um crocodilo?

O sul da Flórida é o único lugar onde o crocodilo-americano (Crocodylus acutus) e o jacaré-americano (Alligator mississippiensis) convivem juntos na natureza.

Apesar de serem muito parecidos, esses répteis pertencem a famílias diferentes. Os crocodilos são da família Crocodilidae e os jacarés, da Alligatoridae. A primeira possui quatorze espécies diferentes, a segunda se divide em oito. No Brasil, não existem crocodilos.

O amor está no ar: Flórida alerta moradores sobre época de acasalamento de jacarés

Jacarés dependem de fontes externas de calor para regular sua temperatura corporal. Eles fazem isso tomando sol ou se mudando para áreas com ar ou água mais quentes ou mais frias
(Foto: Nasa/rawpixel)

A principal diferença entre esses dois animais pode ser percebida em sua anatomia. Os jacarés têm um focinho em forma de U, mais largo e arredondado, enquanto os crocodilos possuem um focinho em forma de V, mais pontudo. Já nesses últimos, o quarto dente fica protuberante no maxilar inferior, enquanto que nos jacarés ele se encaixa em uma cavidade na mandíbula superior quando fechada, de modo que a sua ponta fica escondida.

Além disso, os crocodilos apresentam nas escamas do ventre os chamados poros glandulares, característica ausente nos jacarés. Outra distinção entre ambos foi relatada por pesquisadores japoneses, em 2018, que descobriram que os jacarés tendem a ter ossos do úmero mais curtos em seus membros anteriores e fêmures mais curtos em seus membros posteriores do que os crocodilos.

Leia também:
Sem pensar duas vezes, aposentado de 74 anos se joga em lagoa para salvar filhotinho da boca de um jacaré
Projeto Caiman garante a sobrevivência dos jacarés da Mata Atlântica

Foto de abertura: Ken Guzzetti / Gatorland

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE