Projeto que alia ecoturismo a geração de renda para comunidades rurais no Paraná ganha prêmio da ONU

Projeto que alia ecoturismo a geração de renda para comunidades rurais no Paraná ganha prêmio da ONU

O município de Turvo fica na região Centro Sul do Paraná, a cerca de 300 km da capital, Curitiba, e tem pouco mais de 13 mil habitantes. Apesar de pequeno, ele possui uma das maiores reservas nativas do mundo de Floresta de Araucária (Araucaria angustifolia), espécie ameaçada de extinção.

Nascido em Turvo e criado em uma chácara, o publicitário Mauricio Pilati – de chapéu e bandana azul, logo na frente do grupo na foto acima – percebeu o potencial gigantesco da natureza de onde vive e, junto com amigos, fundou o projeto Gralha AzulTurismo e Aventura.

Através de uma rede colaborativa, que conta com a parceria de mais de 30 famílias rurais, o Gralha Azul oferece atividades esportivas como trilhas ecológicas, ciclismo, rapel, bóia-cross, aquatrekking, além de vivências culturais em aldeias indígenas e em uma comunidade quilombola, além de exploração a sítios arqueológicos e cavernas e degustação da gastronomia típica da região.

“Fora a reserva de araucárias, temos uma riqueza natural muito grande aqui, com rios e mais de 100 cachoeiras em todo município”, conta Pilati. “Além disso há uma diversidade cultural enorme, com duas etnias indígenas, afrodescendentes quilombolas e descendentes de imigrantes italianos, alemães, ucranianos, poloneses e holandeses”.

Projeto que alia ecoturismo a geração de renda para comunidades rurais no Paraná ganha prêmio da ONU

Visita à aldeia indígena

Desde o final de 2018, quando foi criado, o projeto já atendeu mais de 1 mil turistas, trazendo um importante incremento para a renda da comunidade local. Mais de 50% do valor arrecadado com o Gralha Azul é destinado às famílias rurais.

“Nosso objetivo sempre foi ter um projeto que estimulasse o desenvolvimento sustentável da região, assim como valorizasse a cultura e fosse economicamente viável e rentável para as famílias rurais”, revelou o empreendedor ao Conexão Planeta.

Projeto que alia ecoturismo a geração de renda para comunidades rurais no Paraná ganha prêmio da ONU

Comida no fogão de lenha: pinhão e bolo caseiro

Prêmio internacional

Na semana passada, a iniciativa paranaense recebeu um importante reconhecimento. Foi a vencedora do Rural Youth Innovation Award, para a região da América Latina e Caribe, na categoria “Geração de Renda”.

A premiação é concedida pelo Fundo para o Desenvolvimento da Agricultura das Nações Unidas. O Gralha Azul concorreu com outros 114 projetos na sua categoria e foi o grande vencedor.

Projeto que alia ecoturismo a geração de renda para comunidades rurais no Paraná ganha prêmio da ONU

São mais de 100 cachoeiras na região de Turvo

A equipe do projeto de Turvo trabalhou lado a lado com as famílias rurais. Ajudou, por exemplo, a definir cardápios para os visitantes, e fez treinamento com jovens locais que atuam como guias.

“O que fizemos também foi organizar aquilo que já existia nas propriedades rurais e transformar isso num produto turístico, só que sem perder a essência e o modo de vida das pessoas daqui”, diz Pilati.

Como prêmio, a equipe do Gralha Azul ganhou um curso de empreendedorismo rural ministrado por uma universidade da Colômbia, que será realizado online por causa da pandemia, e a produção de um vídeo profissional sobre o projeto. Além disso, haverá uma viagem de intercâmbio, em 2021.

Leia também:
Projeto de lei ameaça a sobrevivência da já vulnerável Floresta com Araucária do Brasil
Manifestações na internet e nas redes sociais marcam o Dia Nacional da Araucária
Com apenas 3% da área preservada, florestas de Araucária – e o pinhão – correm risco de extinção

Fotos: divulgação Gralha Azul – Turismo e Aventura

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

2 comentários em “Projeto que alia ecoturismo a geração de renda para comunidades rurais no Paraná ganha prêmio da ONU

  • 14 de julho de 2020 em 12:18 PM
    Permalink

    Parabéns pelo projeto Gralha Azul. Associar geração de renda através de turismo ordenado em que a própria atividade faz a amarração para manter tradições, hábitos, que fortalecem as diferentes culturas e consequentemente gera baixo impacto ambiental, é tão fascinante que para os dias atuais pode ser considerado até sofisticado e pode servir de exemplo para vários outros lugares.

    Resposta

Deixe uma resposta