PUBLICIDADE

“Por trás de cada pedaço de bacon e presunto, existe uma Tootie”, diz ONG australiana se referindo à estrela de sua nova campanha

Todo ano, na Austrália, mais de 5,5 milhões de porcos são abatidos pela indústria da carne, a maioria em câmaras de gás. As fêmeas são confinadas em gaiolas do tamanho de seus corpos, nos quais amamentam seus filhotes que, um tempo depois, desaparecem a caminho do abate. A crueldade vivida pelos animais criados para consumo não tem limite, por isso, a ONG Animals Australia se dedica a campanhas de conscientização.

Na mais recentemente, ela denuncia a crueldade da indústria de carne contra os porcos em dois filmes de impacto para a TV: um meio macabro, de apelo forte, que causa desconforto ao apresentar “a difícil verdade” de fazendas e matadouros australianos; o segundo, mais leve e amoroso – daqueles que a gente sabe como termina, mas vai até o fim -, fala do papel que cada um de nós pode desempenhar nesse cenário. 

No primeiro vídeo, uma jovem mãe faz compras num supermercado com seu bebê e, de repente, se vê direcionada para um local escuro, onde leitoas confinadas em gaiolas apertadas amamentam seus bebês. Horrorizada, ela abraça seu filho, enquanto uma voz pergunta: “Você não sabia, não é?”, que nomeia a campanha e tem um site.

Cena do primeiro filme da campanha / Foto: reprodução de vídeo

Esses animais são muito sensíveis – sencientes, como já revelaram diversas pesquisas – e sofrem de depressão e ansiedade, que resultam da privação atroz que vivenciam todos os dias, também das necessidades mais básicas. Depois de três anos, as porcas estão exaustas de tanta exploração, se tornam inúteis para a indústria e são mortas, também de maneira cruel.

“Sabemos como foi difícil assistir a esse vídeo – muitos de vocês não sabiam a extensão do sofrimento a que os porcos são submetidos todos os dias nas fazendas e matadouros australianos. Mesmo agora, enquanto você lê isto. Conhecemos o sentimento de desespero. Que você se sente zangado, enojado, com o coração partido e traído por aqueles que, no final das contas, têm a ganhar com o sofrimento. Mas também sabemos o quanto você quer ajudar”, explica a Animals Australia nas redes sociais (Instagram, Twitter e Facebook).

No segundo filme, um homem (Dave) dirige por uma estrada de terra quando avista um porquinho perdido. Na verdade, uma porquinha, que ele resgata com a intenção de encontrar seu dono. Depois de diversas tentativas – liga para todos que conhece na região -, finalmente o dono do animal o procura e ele combina de levá-la até sua fazenda.

Foto: reprodução do vídeo

Mas, ao chegar lá, desiste de entregá-la e volta feliz para casa em sua companhia, dando-lhe a chance de viver uma vida digna a seu lado e de sua família. Mas também permitindo-se viver uma nova e amorosa experiência com Tootie.

Foto: Animals Australia/divulgação

O convite da ONG é para que sejamos “herói para eles!”. Este é o slogan e a hashtag: #BeTheirHero. Seu objetivo é conscientizar o público consumidor e ajudar a criar leis que garantam a proteção desses animais e o fim de tanta crueldade.

A história de Tootie é tão linda que ganhou continuidade com outros filmes curtinhos que apresentam a relação da porquinha com os membros da família, inclusive o cachorro, enfatizando sua curiosidade e inteligência. Num deles, Dave liga para um fast-food para pedir comida e, com a intervenção de Tootie, que está a seu lado, pede um lanche sem carne.

Foto: reprodução do vídeo

“Tottie é uma porquinha sortuda, e vive sua vida sendo vista como alguém, e não algo. Infelizmente, para mais de um bilhão de porcos no mundo, isso não é verdade. Por trás de cada pedaço de bacon e presunto, existe uma ‘Tottie’. E dentro de cada um de nós há o desejo de protegê-la”, destaca a ONG nas redes.

Foto: Animals Australia/divulgação

Os porcos são animais muito inteligentes, capazes de resolver quebra-cabeças, jogar videogames, além de aprenderem muito fácil em treinamentos, superando até mesmo nossos amigos caninos. 

A seguir, assista aos dois vídeos da campanha para a TV e, em seguida, um dos que dão continuidade à vida de Tootie com Dave e sua família.

__________________________

Leia também:
– Incoerência no direito animal: de um lado, cães e gatos com forte proteção legal. Do outro, crueldade na criação industrial de bois, porcos e aves
Aeroporto de Amsterdam ‘contrata’ porcos para afastar aves da rota dos aviões e evitar acidentes
Em decisão histórica, Califórnia aprova lei de proteção para galinhas, porcos e bezerros

Foto (destaque): reprodução de vídeo

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE