Por seu ativismo para salvar floresta nos Camarões, Leonardo DiCaprio é homenageado com nome de nova espécie de árvore

Por seu ativismo para salvar floresta nos Camarões, Leonardo DiCaprio é homenageado com nome de uma nova espécie de árvore

Uvariopsis dicaprio. Este é o nome científico da primeira espécie de árvore descrita em 2022 pela equipe do Kew Royal Botanic Gardens, ou simplesmente, Kew Gardens, o jardim botânico de Londres e um dos mais famosos do mundo. Os cientistas escolheram este nome para homenagear o ator e ativista americano Leonardo DiCaprio.

A espécie é originária da Floresta de Ebo, nos Camarões, na região central da África. Pertencente à família ylang-ylang, a Uvariopsis dicaprio pode atingir até 4 metros de altura e apresenta cachos de flores grandes, brilhantes e verde-amareladas no tronco.

Infelizmente, a espécie já é considerada criticamente em risco de extinção.

Em fevereiro de 2020, DiCaprio teve um papel importante através das redes sociais para impedir que fosse liberada a exploração madeireira na Floresta de Ebo, uma das poucas e maiores áreas ainda intocadas de floresta tropical nos Camarões. Meses depois, em agosto, o presidente do país cancelou a concessão.

O exemplar de Uvariopsis dicaprio que agora faz parte do acervo do Kew Gardens foi coletado pela pesquisadora Lorna Mackinnon juntamente com cientistas do Herbário Nacional dos Camarões. Habitat de uma diversa vida selvagem, acredita-se que existam ainda milhares de espécies desconhecidas da ciência em Ebo. E os pesquisadores explicam que, enquanto elas ainda não são descritas, fica difícil avaliar seu status de conservação e traças medidas para protegê-las.

Só em 2021, o time do Kew Gardens, com seus parceiros internacionais, foi responsável pela descrição de mais de 200 espécies de plantas e fungos da Ásia, África, Américas e Reino Unido. Todavia, muitas delas já se encontram com risco de desaparecer.

Com milhões de seguidores nas redes sociais – são mais de 50 milhões apenas no Instagram -, Leonardo DiCaprio é uma das vozes mais atuantes na luta pelo meio ambiente e no combate ao aquecimento global em Hollywood. Em 2014, ele foi nomeado pela ONU como Embaixador pela Paz e desde 1998, a fundação que criou e leva seu nome, financia projetos ao redor do mundo para a proteção da biodiversidade, assim como pelos direitos dos povos indígenas, além de promover o desenvolvimento de soluções inovadoras contra os extremos climáticos. Em 2019, ele também se juntou à Earth Alliance, como contamos nesta outra reportagem.

Por seu ativismo para salvar floresta nos Camarões, Leonardo DiCaprio é homenageado com nome de uma nova espécie de árvore

A árvore que tem no nome uma homenagem a Leonardo DiCaprio

*Com informações do Royal Botanic Garden Kew

Leia também:
Leonardo DiCaprio se compromete a apoiar instituto da jovem cacica Juma Xipaia, que denunciou Belo Monte na COP26
Leonardo Dicaprio apoia mobilização indígena contra o marco temporal
Leonardo DiCaprio anuncia investimento de milhões para recuperar vida selvagem das Ilhas Galápag
os
DiCaprio, Camila Cabello e Jason Mraz estão entre 30 celebridades de campanha que pressiona líderes mundiais a cumprir acordos climáticos
Duas em cada cinco plantas do planeta correm risco de extinção: 723 delas são usadas como medicamentos

Fotos: reprodução Facebook Leonardo DiCaprio e © Lorna Mackinnon/RBG Kew (árvore)

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Deixe uma resposta