Paul McCartney faz parte de iniciativa pela construção de hortas comunitárias no Reino Unido

Paul McCartney faz parte de iniciativa pela construção de hortas comunitárias no Reino Unido

Durante a pandemia da Covid-19, muitas pessoas redescobriram a importância do contato com a natureza, sobretudo, de colocar a mão na terra e através dela cultivar plantas e alimentos. Foi o caso, por exemplo, do jovem tatuador que transformou o quintal de sua casa em horta e virou um ativista da alimentação saudável e do clima, como a Mônica Nunes contou. Então, para aproveitar este momento tão especial, de reconexão com o mundo natural, a Linda McCartney Foods lançou uma iniciativa pelo plantio de hortas comunitárias no Reino Unido.

O projeto “Grow Your Own” (Plante o Seu Próprio, em tradução livre para o português) tem como objetivo estimular e tornar mais acessível o cultivo de hortas aos jovens em áreas centrais da Inglaterra, inspirando mais pessoas pelo legado deixado por Linda McCartney pelo vegetarianismo há tantos anos.

A iniciativa também comemora os 30 anos da criação da Linda McCartney Foods, empresa que conta com a participação da família da fotógrafa, vegetariana e ativista, esposa do ex-Beatle Paul McCartney, que morreu em 1998, aos 56 anos, vítima do câncer.

“Cultivar as próprias frutas e vegetais tem uma série de benefícios: desde melhorar o bem-estar pessoal e a saúde mental até nos aproximar da natureza, auxiliando numa dieta mais saudável e nos muitos aspectos positivos para o meio ambiente. No entanto, apesar disso, milhares de pessoas em todo o Reino Unido não têm espaço, experiência ou know-how para começar a plantar por conta própria”, afirmam os idealizadores da “Grow Your Own”.

Uma das ações da projeto foi a transformação de seis espaços urbanos em hortas para as comunidades. Juntamente com parceiros locais, esses locais também servirão como um ponto central para a realização de eventos e atividades.

Além das hortas, em seu site a Linda McCartney Foods oferecerá dicas de plantios de frutas e hortaliças.

“Estamos muito satisfeitos em trazer esta iniciativa para pessoas em todo o Reino Unido e continuar o legado de gentileza que Linda estabeleceu para sua empresa de alimentos vegetarianos, 30 anos atrás. Linda teve como objetivo mostrar que ser gentil não significa ter que se comprometer em comer comida deliciosa. Por meio deste projeto, esperamos poder capacitar mais pessoas em todo o Reino Unido para que tentem cultivar e comer por conta própria”, destacou Paul McCartney.

Vegetariano, assim como Linda, o compositor e cantor britânico é um ativista ambiental, defensor da agricultura orgânica e porta-voz da campanha pela #SegundaSemCarne. Com seu apoio, milhões de crianças em escolas do Reino Unido, Estados Unidos, Alemanha, Finlândia, Bélgica, África do Sul e – Brasil – não comem carne nas segundas-feiras. Em São Paulo, a Segunda Sem Carne faz parte da merenda escolar das Secretarias Estadual e Municipal de Educação, contemplando 3 milhões de alunos.

Assista abaixo o vídeo, em inglês, de lançamento da iniciativa “Grow Your Own”:

Leia também:
Nova música de Paul McCartney fala sobre mudanças climáticas e um capitão louco no comando do navio
Paul McCartney faz campanha pela “Segunda Sem Carne” na turnê pelo Brasil
Paul McCartney e astros gravam música pelas mudanças climáticas

Foto: reprodução vídeo

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Deixe uma resposta