PUBLICIDADE

Patrícia Medici é uma das pesquisadoras homenageada com o “2024 Women of Discovery”

Patrícia Medici é uma das pesquisadoras homenageada com o "2024 Women of Discovery"

É impossível pensar no trabalho de conservação das antas no Brasil e imediatamente o nome de Patrícia Medici não vir à nossa mente. Há mais de 30 anos a engenheira florestal e coordenadora da Iniciativa Nacional para a Conservação da Anta Brasileira (INCAB-Brasil) dedica sua carreira à proteção da espécie (Tapirus terrestris), o maior mamífero terrestre da América do Sul, e de seus habitats.

Pela dedicação e atuação extraordinárias nas últimas décadas, Patrícia acaba de estar entre as cinco pesquisadoras do mundo todo homenageadas com o título “2024 Women of Discovery”, concedido pela organização internacional WINGS, que promove e financia o trabalho de mulheres pioneiras em suas áreas.

“O prêmio WINGS Women of Discovery foi criado em 2003 para reconhecer mulheres extraordinárias que fazem contribuições significativas para o conhecimento mundial e a ciência através da exploração“, diz a organização.

Patrícia é uma das cofundadoras do Instituto de Pesquisas Ecológicas (IPÊ), do qual a INCAB faz parte. Desde 2000, a brasileira é presidente do Grupo de Especialistas de Antas da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN), uma rede com mais de 130 conservacionistas da espécie de 27 países diferentes.

Em 2019, a pesquisadora se tornou Exploradora da National Geographic e nos últimos anos foi homenageada com dezenas de prêmios e títulos, como o Buffett Award for Leadership in Conservation, o Commitent to Conservation Award e o Whitley Fund for Nature (WFN). Mais recentemente foi indicada ao Prêmio Beauval Nature 2024, que nesta edição tem como tema “Mulheres em Destaque” e ao Prêmio Indianápolis (saiba mais aqui).

Além de Patrícia Medici, foram agraciadas com o “2024 Women of Discovery” a conservacionista do Quênia Paula Kahumbu, a bióloga peruana Paula Kahumbu, a pesquisadora espanhola Adriana Vergés e a curadora da Divisão de Zoologia de Invertebrados do Museu de História Natural (NY) Jessica Ware (leia mais sobre suas extraordinárias carreiras neste link).

A cerimônia de entrega do “2024 Women of Discovery” será realizada no final de outubro, em Nova York (EUA).

Em 2016, outra brasileira, a bióloga Juliana Ferreira, diretora executiva e coordenadora de projetos da Freeland Brasil, que combate o tráfico de animais silvestres, também recebeu o título da organização.

Ao lado das muitas mulheres que já ganharam o reconhecimento da WINGS estão ícones da conservação mundial como Jane Goodall e Sylvia Earle.

———————————

Agora o Conexão Planeta também tem um canal no WhatsApp. Acesse este link, inscreva-se, ative o sininho e receba as novidades direto no celular

Leia também:
Patrícia Medici, maior especialista em antas do mundo, inicia projeto inédito da Floresta Amazônica
Patrícia Medici e Flávia Miranda são indicadas ao Prêmio Indianápolis, um dos mais importantes para a conservação animal no mundo
Três projetos de conservação brasileiros liderados por mulheres são finalistas em prêmio mundial

Foto de abertura: Marina Klink

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE