PUBLICIDADE

Patagotitan, o maior dinossauro do mundo – 38 m de comprimento, 8m de altura e cerca de 77 toneladas! – em exposição até 11 de dezembro

Você já imaginou qual foi a maior criatura que já pisou na Terra? Um dinossauro, claro! Mas sabe que, além de imaginar, você pode conhecê-lo… de perto?

Inaugurada em setembro no Pavilhão das Culturas Brasileiras (Pacubra), no Parque Ibirapuera, em São Paulo, a exposição Dinossauros Patagotitan – o maior dinossauro do mundo, apelidada carinhosamente de ExpoDinos, reúne acervo inédito, com 16 réplicas de esqueletos completos e 20 fósseis originais, que veio diretamente do Museu Paleontológico Egídio Feruglio, localizado em Trelew, na Patagônia Argentina.

Mas quem está em São Paulo deve correr porque a exposição termina em 11 de dezembro!

PUBLICIDADE
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Emoção gigante

O esqueleto gigante Patagotitan mayorum, descoberto em 2013 o maior dinossauro já encontrado no mundo e a ‘estrela’ da expo! – levou seis dias para ser montado e está muito bem acompanhado por outros dinossauros, entre os mais antigos encontrados no planeta, alguns brasileiros.

Patagotitan e seus companheiros de era / Foto: divulgação

A mostra muito bem montada revela a grandiosidade de Patagotian: seu esqueleto tem aproximadamente 38 metros de comprimento, oito metros de altura, e pode chegar a pesar 77 toneladas!

Foto: Ana Carol Thomé
E o tamanho do moço ao lado do esqueleto do Patagotitan? / Foto: Ana Carol Thomé

É bem possível que você não consiga imaginar, mas a foto abaixo, em que apareço deitada ao lado do fêmur original, revela o quão gigantesco era o animal. Eu tenho 1,70m, imaginou?

Deitei no chão só pra mostrar pra vocês como o Patagotitan era grande: eu tenho 1,70m. Só o fêmur desse bicho mede 2,40m!, o maior osso do mundo! – Foto: Renata Stort

O fêmur do Patagotitan detém o recorde de maior osso já encontrado no mundo: 2,4m de comprimento e 550 quilos. Por isso, o encontro com esse gigante é pra lá de emocionante!

Brincando de paleontólogo

A Praça dos Dinos é onde tudo começa: ali estão localizados a bilheteria, um café, loja temática, uma área de descanso e, também, um espaço reservado à brincadeira e outro para tirar selfies com os dinossauros.

Atividades de realidade aumentada (baixe o app ‘Expodinos’) se somam a dois tanques de areia com réplicas de fósseis escondidos para que as crianças escavem e vivam momentos de paleontólogo em interação com a Era Jurássica. Considere dedicar um bom tempo de sua visita a este espaço porque as crianças amam!

Curioso, o menino encontrou o esqueleto da pata de um pequeno dinossauro / Foto: Ana Carol Thomé

Na exposição, a experiência começa com um vídeo no qual a paleontóloga responsável pelo Museu Paleontológico Egídio Feruglio contextualiza o local onde os ossos foram encontrados e apresenta o que veremos em seguida.

Seguimos entre textos informativos, modelos de ossadas e fósseis originais. O dinossauro mais antigo já encontrado no mundo, o Buriolestes, está presente e é brasileiro!

Vale seguir a exposição fazendo paradas para conversar com os educadores presentes. Eles contam curiosidades e apresentam as informações com brilho nos olhos – o que torna tudo mais especial. 

Na companhia do curador

Conhecer a nossa natureza também é conhecer a nossa história, a história da vida no planeta. O curador da exposição, Luiz Anelli, é professor de Paleontologia da USP e um querido amigo. Enquanto a exposição estava em período de organização, ele compartilhava os encantos de cada momento no Instagram Expodinos (dedicado à essa exposição).

Fiquei extremamente emocionada ao assistir Anelli tirando os fósseis das caixas gigantes e conferindo cada detalhe. Quando visitamos a exposição – eu e Renata Stort -, ele nos acompanhou por todo o espaço com muito entusiasmo. “Vocês estão vendo aqui algo único! São réplicas e fósseis que contam sobre nosso passado, sobre a vida no planeta”.

Anelli, curador da ExpoDinos, e eu na frente do gigante / Foto: Renata Stort

No fina deste post, assista ao vídeo que produzimos e resume a emoção e a alegria de passear pela exposição.

Dinos brasileiros em novo livro

Anelli é um grande divulgador científico sobre o tema, especialmente para crianças, que, em geral, são apaixonadas por dinossauros.

É autor dos livros Dinos do Brasil e Novos Dinos do Brasil, publicados pela Editora Peirópolis, que apresentam os Dinossauros Brasileiros com informações científicas de forma acessível a todos os públicos.

Em 19 e 20 de novembro, na ExpoDinos, vai acontecer o evento de lançamento de mais um livro bacana escrito por ele: Novo Guia Completo dos Dinossauros do Brasil, com mais de 370 páginas, que oferece informações ricamente ilustrações por Júlio Lacerda. A publicação é resultado de uma parceria entre a Editora Peirópolis e a EdUSP.

No site da editora, o autor conta: ‘Não pense que sua vida nada tem a ver com os dinossauros. Eles moldaram a evolução de seus ancestrais ao longo de milhões de anos, e por isso hoje você, e todos os outros mamíferos, gozam de uma vida sofisticada e diversa em todos os ecossistemas terrestres’”.

A partir deste lançamento, quem sabe teremos, em breve, uma exposição dedicada aos dinossauros brasileiros… Já estou na torcida!

Live com Anelli sobre os dinos brasileiros

Em 16 de novembro, às 16h, Anelli vai conversar com seus seguidores pelo Instagram a respeito dos dinossauros no Brasil. O paleontólogo e curador da ExpoDinos promete mostrar, durante essa conversa online, “crânios e dentes” de alguns dinos que viveram por aqui.

Quem quiser fazer perguntas para Anelli, é só escrever nos comentários do post de divulgação, neste link, que tem o apoio do perfil Mães que Brincam.

A seguir, assista ao vídeo que produzimos durante nossa visita à exposição, que publiquei no Instagram do Ser Criança é Natural. E, para facilitar sua visita, no final deste post, reuni informações sobre a ExpoDinos.

DINOSSAUROS – PATAGOTITAN, O MAIOR DO MUNDO
10 de Setembro a 11 de Dezembro de 2022
PACUBRA – Pavilhão das Culturas Brasileira – Parque Ibirapuera
Av. Pedro Álvares Cabral, s/n, portão 10 – Vila Mariana, São Paulo, SP
Venda de ingressos online, neste link (de R$ 20 a R$ 50 (crianças até 2 anos não pagam).
ONGs e escolas públicas podem agendar visitas gratuitas: basta preencher formulário, neste link.
________________

Edição: Mônica Nunes

Foto (destaque): Renata Stort

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE