Paris ganha edifício com fachada verde, que propõe um novo pacto entre cidade, natureza e saúde

Em 15 de setembro, o Boulevard Pasteur, no bairro de Montparnasse, em Paris, inaugura um novo conceito de edifício que além de devolver um pouco de natureza à cidade, por meio de sua fachada verde, tem uma proposta inovadora: reunir pessoas que se dedicam a salvar vidas e ajudar outras pessoas.

A fachada viva garante equilíbrio térmico e eficiência energética, evitando o desperdício de energia e de carbono. A construção é de uso misto, e reúne atividades diversas – hotel, restaurante, bar, área de conferência, clínica, coworking -, com destaque para um showroom de startups de saúde.

O projeto é assinado pelo escritório franco-brasileiro Triptyque Architecture e o objetivo de seus idealizadores é “promover a combinação, o intercâmbio e a colaboração entre diversas especialidades e gerações de profissionais da saúde“, valorizando sempre aqueles que lutam pela manutenção da vida.

Concebido antes da pandemia da covid-19, propõe uma nova visão “da saúde para a cidade e da cidade para a saúde”, define Olivier Rafaëlli, sócio da Triptyque, que acrescenta: “O Villa M é um modelo para imaginar a cidade do amanhã”. Um projeto ambicioso que propõe um novo pacto entre cidade, natureza e saúde.

O edifício de 8 mil m² exibe uma linda fachada viva que abriga árvores frutíferas, plantas herbáceas medicinais, além de espécies perenes de médio e grande porte.

A intenção é transformá-lo em uma floresta vertical e medicinal à medida que o jardim se desenvolver, ocupando toda a fachada. Pablo Giorgef, do escritório Coloco, assina o paisagismo.

Fotos: Divulgação/Triptyque Architecture

Com informações da Triptyque Architecture e ArchDailly

Mônica Nunes

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na revista Claudia, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, da mesma editora, considerado pela United Nations Foundation como o maior portal no tema. Integrou a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade e, em 2015, participou da conferência TEDxSãoPaulo.

Deixe uma resposta