PUBLICIDADE

Para curar a dor de ouvido de um leão, só mesmo exame de gente grande

Para curar a dor de ouvido de um leão, só mesmo tratamento de gente grande

Bhanu é um leão asiático que tem 12 anos e pesa 180 kg. Ele é um dos moradores do London Zoo, o mais importante zoológico da Inglaterra e um renomado centro de reprodução e conservação de espécies ameaçadas de extinção.

Existem apenas cerca de 600 leões asiáticos ainda na natureza, numa área bastante pequena do Parque Nacional e Santuário de Vida Selvagem de Gir, em Gujarat, na Índia. Por isso, a saúde e o bem-estar de animais da espécie, como Bhanu, é tão importante.

Nos últimos meses, com frequência ele vinha apresentando problemas no ouvido. Constantemente, seu canal auditivo esquerdo precisava passar por tratamento; incluindo exames especializados e limpeza sob anestesia geral, bem como colocação de gotas de medicamentos.

Mas como o problema persistia, a equipe de veterinários do London Zoo achou por bem investigar mais a fundo a questão e descartar qualquer possibilidade de algo mais sério. Para isso foi levado até o zoológico um aparelho de CAT scan.

“Queríamos definir o melhor plano de tratamento de longo prazo para Bhanu, mas primeiro precisávamos descobrir o que estava causando o problema e descartar urgentemente qualquer cenário pior, como um tumor ou uma infecção profunda, que apareceriam em uma tomografia computadorizada imediatamente”, revelou Taina Strike, veterinária senior do zoológico.

Ela explica que Bhanu é um membro importante do programa de criação de leões asiáticos ameaçados de extinção em toda a Europa. “Como tal, ele merece os melhores cuidados, por isso organizamos o tratamento VIP completo; trazendo um scanner CAT para um grande felino pela primeira vez, para que pudéssemos ver mais profundamente seu ouvido sem que ele precisasse viajar”.

Bhanu foi anestesiado dentro de seu recinto e após dormir, carregado por seis veterinários e cuidadores, com todo cuidado, até o lugar onde foi instalado o equipamento móvel. O exame foi acompanhado por especialistas internacionais em felinos que afirmaram que não havia nada sério para se preocupar – o leão tem um canal auditivo esquerdo muito estreito, mais propenso a bloqueios e infecções.

“Agora que entendemos o problema, podemos tratar melhor Bhanu”, comemora Taina.

Os tratadores aproveitaram a sedação do animal para fazer uma limpeza mais profunda no ouvido. A partir de agora, decidiu-se que ele receberá medicação oral regular para reduzir a inflamação no canal auditivo, antifúngicos para controlar qualquer infecção e uma limpeza abrangente da orelha durante o check-up anual.

Nós aqui desejamos muita saúde pra Bhanu e que ele não tenha mais dores de ouvido!

Leia também:
África do Sul irá proibir criação de leões em cativeiro e turismo que envolva interação próxima com esses animais
Seis anos após a morte do leão Cecil, Mopane é nova vítima de caçador americano no Zimbábue
Vídeo no TikTok leva autoridades a resgatar leão criado em casa no Camboja
Dois leões morrem de Covid em zoológico da Índia

Foto: divulgação London Zoo

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE