PUBLICIDADE

Pantanal tem mais de 1 milhão de hectares destruídos pelo fogo e milhares de animais mortos

Pantanal tem mais de 1 milhão de hectares destruídos pelo fogo e milhares de animais mortos

As imagens são chocantes, mas é preciso divulgá-las para que aqueles em outras regiões do país tenham noção do que está acontecendo no Pantanal e o quanto os profissionais que trabalham na região precisam de ajuda. Assim como a tragédia que aconteceu em 2020, quando quase 30% do bioma foi queimado pelo fogo, novamente os incêndios florestais estão destruindo imensas áreas no Mato Grosso e Mato Grosso do Sul e matando milhares de animais.

O Pantanal já tem o maior número de incêndios para o mês de novembro dos últimos 25 anos. Em quase 50 dias, cerca de 1 milhão de hectares foi destruído pelas chamas, o que representa o triplo do que foi queimado no ano inteiro de 2022.

Apesar do trabalho ininterrupto de brigadas do governo federal e de organizações não-governamentais, com a ajuda de aeronaves que jogam água, os incêndios têm se alastrado, impulsionados por raios, as altas temperaturas e a seca que há meses atinge o Pantanal.

O fogo que era mais intenso na região norte, sobretudo em áreas do Parque Estadual Encontro das Águas e do Parque Nacional do Pantanal Matogrossense, chegou agora à rodovia Transpantaneira, a principal via de acesso ao bioma em Mato Grosso, na divisa com o Mato Grosso do Sul.

Na quinta-feira (17/11) o fogo também se aproximou de pousadas e o biólogo Gustavo Figueirôa, diretor do Instituto SOS Pantanal, compartilhou um vídeo mostrando a situação alarmante. Nas imagens é possível ver animais assustados, tentando fugir da fumaça e do barulho das chamas.

Infelizmente, muitos acabam sendo acuados pelo fogo. O Grad Brasil – Grupo de Resgate de Animais em Desastres – tem feito atualizações constantes em suas redes sociais mostrando o cenário de destruição. Os relatos revelam cenas desoladoras, de bichos carbonizados ou aqueles que não resistiram às queimaduras ou inalaram fumaça demais. “É um cemitério a céu aberto”, desabafou o médico veterinário Anderson Fernandes Barreto.

Carcaça de jacaré encontrada pela equipe do Grad Brasil
(Foto: divulgação Grad Brasil)

Fora os grandes animais, há ainda milhares de mortes invisíveis, de espécies de pequeno porte, como anfíbios e aves.

Um pequeno roedor sem vida: mais uma das milhares de vítimas dos incêndios
(Foto: divulgação Grad Brasil)

Para continuar a fazer esse trabalho heroico na região, essas organizações precisam da nossa ajuda. Então, se você puder ajudar com qualquer valor que seja, faça a sua parte!

Instituto SOS Pantanal
Doação através do site neste link
PIX – contato@sospantanal.org.br

Grad Brasil
PIX – 04.085.146/0001-38

Brigada Alto Pantanal (IHP Pantaneiro)
Doações no PIX – contato@brigadaaltopantanal.org.br

Leia também:
Bióloga e ativista da ‘EJF Foundation’ faz apelo emocionado pelo Pantanal na Comissão de Direitos Humanos do Senado
Incêndios voltam ao norte do Pantanal e queimam áreas do Parque Encontro das Águas, maior refúgio de onças do mundo

Foto de abertura: divulgação Grad Brasil

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE