PUBLICIDADE

Ousado é flagrado em ataque a jacaré, em salto espetacular

Ousado é flagrado em ataque a jacaré, em salto espetacular

Sempre que chega uma notícia nova de avistamento de Ousado, nosso coração se enche de alegria. Caso você ainda não tenha ouvido falar dessa onça-pintada, que é uma celebridade no Pantanal, aqui está um pequeno histórico de sua trajetória.

Em 2020, Ousado foi encontrado com as patas com queimaduras de segundo grau no Parque Estadual Encontro das Águas, próximo a Porto Jofre, no Mato Grosso. O macho foi uma das milhares de vítimas dos incêndios que destruíram quase 30% da vegetação do bioma naquele ano.

Com a ajuda de entidades parceiras, a onça-pintada foi encaminhada para o Instituto Nex No Extinction, em Corumbá do Goiás. Após mais de 20 dias de tratamento, ele recebeu alta, como mostramos nesta reportagem. Pouco depois, finalmente, foi levado de volta à mesma região onde foi resgatado e recebeu um colar GPS para poder ser monitorado.

Desde então, sempre que é reconhecido, Ousado é fotografado, como em 2021, nove meses após voltar ao Pantanal, quando foi visto acasalando.

O mais novo flagrante do animal foi feito pelo casal espanhol Inma Cañada e José Garcia, em Porto Jofre, quando os dois estavam fazendo um passeio de barco na região, em outubro do ano passado, mas as imagens foram compartilhadas recentemente.

“Estávamos sozinhos no barco e José viu a onça à nossa direita e ficamos a uma distância adequada. Ousado estava calmo, lambendo as patas e fechando os olhos de vez em quando. Mas de repente um jacaré passou na sua frente e sua atitude mudou radicalmente. Ele se levantou e alguns segundos depois o jacaré cruzou novamente na sua frente e dessa vez Ousado pulou em cima dele”, contou Inma ao Conexão Planeta.

Segundo ela, depois de lutar debaixo d’água por aproximadamente um minuto, Ousado puxou o jacaré, atravessou o rio com ele e desapareceu na grama com o jacaré.

Inma, de 31 anos, e José, de 39, deixaram os empregos que tinham há 18 meses para viajar pelo mundo, sem passagem de volta. Já conheceram 43 países e agora estão na América do Sul.

“Gostamos de viajar, conhecer novas culturas e, acima de tudo, descobrir a natureza do mundo. Este é um tema muito importante nas nossas viagens e fotografar o que vemos é um prazer para nós. Na nossa viagem à América do Sul, o Brasil era um dos lugares que queríamos visitar. Sabíamos que o Pantanal era um dos locais com maior concentração de onças. Foi a primeira vez que vimos uma delas e esse encontro foi algo que jamais esqueceremos”, disse Inma.

Abaixo o vídeo, feito por José Garcia:


Leia também:
Ousado está forte e saudável, apesar de temores que pudesse ter se ferido novamente nos incêndios no Pantanal
Quase um mês após voltar ao Pantanal, Ousado, onça-pintada com patas queimadas pelos incêndios, é flagrado caçando

Foto de abertura: Imma Canyada

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE