PUBLICIDADE

Onça-pintada e onça-parda são flagradas no Parque Nacional de Brasília

Onça-pintada e onça-parda são flagradas no Parque Nacional de Brasília

Que imagens sensacionais! A presença de duas espécies, do topo da cadeia alimentar, é prova do equilíbrio e qualidade ambiental do Parque Nacional de Brasília, uma importante Unidade de Conservação (UC) do Cerrado brasileiro, localizada a apenas 10 km da capital. Armadilhas fotográficas instaladas pela equipe Projeto Grandes e Médios Mamíferos do Planalto Central flagraram este mês uma onça-pintada (Panthera onca), onças-parda (Puma concolor) e jaguatiricas (Leopardus pardalis) circulando pela mata.

“O parque vem sendo impactado por diversas ameaças humanas, como os atropelamentos, a caça ilegal, incêndios florestais, o ataque de cães à fauna, mas ainda possui qualidade para abrigar uma população de onça-parda. Quanto à onça-pintada, trata-se apenas de um indivíduo, até novas descobertas”, diz a bióloga Claudia Rocha-Campos, analista ambiental da Área de Proteção Ambiental (APA) do Planalto Central.

A onça-pintada, considerado o maior felino das Américas, é um macho adulto. Ele já tinha sido avistado em 2021, pela primeira vez, por pesquisadores da Universidade Federal de Brasília (UNB) e no início de 2024 pelo grupo Brasília é o Bicho.

PUBLICIDADE

O monitoramento realizado pelo Projeto Grandes e Médios Mamíferos tem como objetivo entender a distribuição geográfica desses animais na região e traçar estratégias de conservação. Até este momento já foram registradas 37 espécies, sendo que 15 estão ameaçadas de extinção.  

Em 2018, também foi documentada a presença do maior tatu do mundo, em raro registro, no Parque Nacional de Brasília. O tatu-canastra (Priodontes maximus), animal característico do Cerrado brasileiro, pode chegar a ter 1,5 metro de comprimento e pesar até 60 kg, mas está em risco de extinção (leia mais aqui).

Abaixo os vídeos que mostram a onça-pintada e a parda no Parque Nacional de Brasília:

*Com informações e entrevista contida no texto de divulgação do ICMBio

————————-

Agora o Conexão Planeta também tem um canal no WhatsApp. Acesse este link, inscreva-se, ative o sininho e receba as novidades direto no celular

Foto de abertura: reprodução vídeo

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE