O show das baleias jubarte: começa a nova temporada de reprodução no litoral capixaba

O show das baleias jubarte: começa a nova temporada de reprodução no litoral capixaba

Todos os anos, entre os meses de julho e novembro, as baleias jubarte podem ser vistas no litoral brasileiro. Elas chegam ao país, vindas da Antártica, para se reproduzir nas águas quentes dos trópicos. O Projeto Amigos da Jubarte acompanha a presença desses cetáceos no Brasil, com um trabalho que busca a melhor compreensão e proteção da espécie, além de oferecer passeios de observação, uma maneira de promover, entre os participantes, a importância da preservação dessas gigantes dos oceanos!

E os pesquisadores do projeto acabam de anunciar que a temporada 2021 já começou! As baleias jubarte finalmente chegaram em águas capixabas para começar o seu ciclo de reprodução. Cerca de 20 mil baleias deverão passar pela costa do Espírito Santo para se reproduzir e amamentar seus filhotes.

“Elas são um fenômeno! A Megaptera novaeangliae, popularmente chamada de baleia jubarte, é uma espécie de baleia mundialmente conhecida por suas acrobacias e atividade “aérea” nos diversos comportamentos realizados fora d’água. Tais comportamentos proporcionaram aos turistas de observação de baleias um espetáculo“, garante a equipe do Baleia Jubarte.

O show das baleias jubarte: começa a nova temporada de reprodução no litoral capixaba

A expectativa é que aproximadamente 20 mil jubartes passem pelo Espírito Santo em 2021

Os passeios de observação das baleias estão sendo realizados seguindo todos os protocolos de segurança sanitária contra a Covid-19. O uso de máscaras é obrigatório, bem como álcool em gel, o respeito ao distanciamento e a medição de temperatura ao entrar nas embarcações.

O avistamento das jubarte geralmente ocorre após 1 hora de barco mar adentro. Saindo da capital, Vitória, já é possível observar as primeiras baleias! Além delas, no passeio de observação turístico é possível encontrar uma grande biodiversidade, como tartarugas, golfinhos, aves marinhas e uma variedade de peixes.

As agências de turismo* parceiras do Projeto Amigos da Jubarte começarão a fazer os cruzeiros a partir do dia 2 de julho. Os interessados podem garantir uma vaga através deste link ou entrando em contato diretamente com a Agência AVES.

O show das baleias jubarte: começa a nova temporada de reprodução no litoral capixaba

Aumento da população em 2020

No ano passado, o censo do Projeto Baleia Jubarte revelou aumento de indivíduos da espécie na costa brasileira e sobretudo, de filhotes nascidos na Bahia e Espírito Santo. Os pesquisadores acreditam que o menor tráfego de embarcações e navios pesqueiros por causa da pandemia pode ter contribuído para a alta dos números registrados.

Descrita pela primeira vez na Nova Inglaterra (Estados Unidos), a baleia jubarte tem seu nome científico vindo deste local – novaeangliae -, e Megaptera – que em grego antigo significa “grandes asas”, já que suas imensas nadadeiras peitorais podem medir até 1/3 do comprimento total de seu corpo, algo em torno de 16 metros.

As jubartes podem ser encontradas em todos os oceanos. Chegam a pesar até 40 toneladas. Por isso mesmo, é tão impressionante ver o salto de uma delas, que consegue projetar todo seu corpo para fora da água.

O show das baleias jubarte: começa a nova temporada de reprodução no litoral capixaba

Como é um animal do topo da cadeia alimentar, a jubarte é uma excelente indicadora da qualidade e do equilíbrio dos oceanos

*O Projeto Amigos da Jubarte e o Projeto Golfinhos do Brasil capacitam, certificam e monitoram as agências de turismo parceiras que comercializam os cruzeiros marítimos, garantindo o cumprimento das normas determinadas pela Capitania dos Portos, bem como da legislação de proteção aos cetáceos vigente no Brasil.

Leia também:
Depois de quase extintas, baleias jubarte atingem número recorde no Brasil e Atlântico Sul
Biólogos registram, com drone, os momentos após o nascimento de um filhote de baleia jubarteA baleia branca mais famosa do mundo é avistada na costa da Austrália
O salto da baleia jubarte
“Meu encontro com as baleias jubartes”
Baleia-jubarte protege outras espécies de animais contra predadores, revela estudo inédito

Imagens: foto aérea e abertura Leonardo Merçon (montagem mostrando as várias etapas do salto de uma jubarte) e salto da baleia Bruna Rezende

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Deixe uma resposta