PUBLICIDADE

Nova espécie de louva-a-deus é descoberta na Amazônia

Nova espécie de louva-a-deus é descoberta na Amazônia

Microphotina cristalino. Este é o nome da nova espécie de louva-a-deus descrita pelos pesquisadores do Projeto Mantis. Ela possui o corpo verde translúcido e foi batizada como uma homenagem ao local onde foi descoberta: a Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Cristalino, ao norte do Mato Grosso, e à importância dela na proteção daquele trecho de floresta por onde passa o Rio Cristalino.

“Essa é a carinha inconfundível e simpática da nova espécie de louva-a-deus. Quando o vimos ficamos super felizes! Era a primeira vez que encontrávamos um indivíduo do gênero Microphotina e, como eram conhecidos só do norte da Amazônia, e estávamos na RPPN Cristalino, na região sul do bioma, havia grandes chances de ser uma espécie nova. Ao final, era. Aproveitamos a oportunidade de descrevê-lo para mostrar também como a descoberta de espécies e os insetos podem contribuir para conservação e conexão das pessoas com a natureza”, escreveram os pesquisadores nas redes sociais do Mantis.

A descoberta do novo louva-a-deus aconteceu numa expedição realizada em 2021. Como o processo para a descrição para uma nova espécie é longo, dois anos se passaram até o Microphotina cristalino ser apresentado ao mundo em um artigo científico.

Até agora, somente machos da espécie são conhecidos, o que leva a se acreditar que eles são animais de dossel, vivendo no alto das árvores. Em dois meses de busca na floresta, o Mantis não encontrou nenhuma fêmea ou jovem, que não voam.

“Muitos dos mistérios que envolvem a espécie, como a identidade da fêmea, só poderão ser resolvidos enquanto a Amazônia seguir de pé. E por isso seu nome é uma homenagem à reserva que segue o protegendo. Que nossas matas e noites tropicais sigam vivas, abrigando essa imensa biodiversidade que temos o privilégio de coexistir em nosso planeta. Que o louva-a-deus cristalino continue a cruzar o imenso céu amazônico sob as estrelas!”, diz o Mantis.

Nova espécie de louva-a-deus é descoberta na Amazônia

O louva-a-deus tem asas translúcidas

O Mantis é um projeto de pesquisa, conservação e documentação de vida selvagem em florestas tropicais, tendo o louva-a-deus como símbolo e animal de pesquisa. Há 2.500 espécies desse animal descritas pela ciência. O Brasil possui a maior diversidade delas, cerca de 250.

Leia também:
Amazônia do Poente à Aurora: expedição registra a impressionante biodiversidade da floresta na escuridão
Brasileiros fazem registro, inédito no mundo, de louva-a-deus se alimentando de látex do mamão
Descoberta nova espécie de louva-a-deus em região de Mata Atlântica do Rio de Janeiro

Fotos: divulgação Projeto Mantis

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE