PUBLICIDADE

Nasce filhote de rinoceronte-de-sumatra, espécie da qual só restam cerca de 80 indivíduos no planeta

Nasce filhote de rinoceronte de sumatra, espécie da qual só restam cerca de 80 indivíduos no planeta

Mesmo toda suja de lama ela é encantadora. A pequena rinoceronte-de-sumatra é filha de Rosa. E o motivo de tanta celebração pelo seu nascimento é que estima-se que restem apenas 80 desses animais ainda vivos na natureza, em populações reduzidas, nas ilhas de Sumatra e Bornéu. A espécie – Dicerorhinus sumatrensis – está praticamente extinta. A filhote nasceu em um santuário de vida selvagem, no Parque Nacional de Way Kambas, na Indonésia.

Há alguns anos especialistas decidiram que a única esperança para salvar os rinocerontes de sumatra da extinção seria implementar um programa de reprodução em cativeiro. Era a maneira de garantir que eles conseguiriam ter filhotes com segurança, num local protegido.

A fêmea é a primeira filhote de Rosa, que foi levada para o santuário em 2014. O pai é Andatu, também nascido ali, em 2012. Antes disso, Rosa já tinha tido oito abortos naturais, por isso, ela e o novo “bebê” estão sendo monitorados cuidadosamente.

Nasce filhote de rinoceronte de sumatra, espécie da qual só restam cerca de 80 indivíduos no planeta

O filhote, que ainda não tem nome, ao lado da mãe, Rosa

O novo filhote é o terceiro nascido no santuário de Way Kambas e o sexto desde que se começou o programa de reprodução em cativeiro.

“Esta é uma notícia fantástica para a conservação do rinoceronte de sumatra e estamos muito empolgados que Rosa e seu novo filhote estejam saudáveis e passando bem. O nascimento não teria sido possível sem o compromisso do Ministério do Meio Ambiente e Florestas da Indonésia e de muitas ONGs parceiras na Indonésia e em todo o mundo”, afirmou Cathy Dean, CEO da Save the Rhino International.

Existem no mundo cinco espécies de rinocerontes, três na Ásia e duas na África subsaariana: de java, de sumatra, indiano, branco e negro. Todas elas estão de alguma forma ameaçadas de extinção. Os mais numerosos no passado, os negros, por exemplo, possuem quatro subespécies, mas uma delas foi declarada extinta em 2011.

Durante décadas e décadas, milhares de rinocerontes foram mortos cruelmente na África – e alguns, ainda são. Caçadores tiram a vida desses animais para arrancar seus chifres e vender o marfim ao mercado asiático, que abastece a crença de que ele possui “poderes medicinais”.  O quilo do chifre é vendido por até 50 mil dólares.

Nasce filhote de rinoceronte de sumatra, espécie da qual só restam cerca de 80 indivíduos no planeta

Restam apenas 80 rinocerontes de sumatra na natureza

No vídeo abaixo, em inglês, especialistas explicam quais são os principais desafios em relação ao programa de reprodução em cativeiro. É uma decisão muito difícil escolher quais indivíduos devem ser retirados da natureza para ajudar nos esforços de sobrevivência da espécies: aqueles que vivem sozinhos e isolados, mas que podem ter uma saúde mais frágil, ou aqueles em grupos maiores, com maiores chances de terem filhotes.

Leia também:
Filhote de rinoceronte, de espécie rara e em risco de extinção, é batizado de “Kiev”, em zoológico na República Checa
Após 5 anos e 30 cirurgias, rinoceronte que quase morreu depois de ter chifres retirados por caçadores volta à vida selvagem
Caçadores de rinocerontes passarão 25 anos na prisão, em condenação histórica na África do Sul
Trinta rinocerontes brancos do sul são levados da África do Sul para Ruanda, na maior operação já realizada para conservação da espécie

Fotos: Biro Humas/KLHK/cortesia do Indonesian Ministry of Environment and Forestry e vídeo Mongabay International

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE