PUBLICIDADE

Namoro constante de Aracy e Acerola, onça “adotada” por Richarlison, cria expectativa para nascimento de novo filhote no Pantanal

Namoro constante de Aracy e Acerola, onça "adotada" por Richarlison, cria expectativa para nascimento de novo filhote no Pantanal

Essas duas onças-pintadas pertencem a duas linhagens consideradas muito especiais para a equipe do Onçafari, projeto que ao aliar ecoturismo e pesquisa científica, trabalha pela preservação da espécie no Pantanal. Aracy é filha da Isa, irmã da Fera – as primeiras onças do mundo a serem reintroduzidas com sucesso na natureza. Já Acerola é neto da Esperança, um dos primeiros desses animais a ser habituado pelo time de biólogos e guias que realizam passeios no Refúgio Ecológico Caiman, no Mato Grosso do Sul.

Acerola, que tem pouco mais de dois anos, também se tornou famoso mais recentemente porque ele foi adotado, simbolicamente, pelo jogador da seleção Richarlison. Após uma viagem à região para conhecer de perto as iniciativas do Onçafari, o atleta apadrinhou essa onça, ou seja, começou a contribuir financeiramente com o projeto (leia entrevista exclusiva do craque da seleção ao Conexão Planeta aqui).

Richarlison decidiu batizar a onça que avistou de Acerola por causa do personagem interpretado pelo ator Douglas Silva, no seriado “Cidade dos Homens”, que tem como tema a vida de dois adolescentes numa comunidade carente do Rio de Janeiro. Em casa, o jogador tem dois cães, que se chamam Acerola e Laranjinha.

E desde setembro, Aracy e Acerola têm sido flagrados namorando com bastante frequência. Onças-pintadas macho e fêmea só ficam juntos durante o período de acasalamento. O que chama atenção, entretanto, é que, em geral, assim como acontece como outros animais, o ato sexual é bastante agressivo, mas no caso desses dois a relação parece mais calma, com o que parece ser maior carinho dele.

“Os indivíduos apresentam comportamentos diferentes. Uns podem ser mais ou menos agressivos. Mas às vezes vemos movimentos mais “carinhosos” mesmo, de ficar lambendo, deitando junto e coisas assim, explica o biólogo Bruno Sartori Reis, guia do Onçafari.

A expectativa agora é se desse chamego todo pode surgir um novo filhotinho para se juntar ao bando pantaneiro.

Abaixo um desses momentos especiais, registrado pelo pelo biólogo Rodrigo Falcão Ventura:

Leia também:
Fera, uma das primeiras onças no mundo a ser reintroduzida na vida selvagem, é flagrada tirando soneca numa árvore
Biólogos ficam aliviados ao reencontrar Leventina, filhote de onça-pintada abandonada pela mãe no Pantanal
Onça-pintada é flagrada predando o maior mamífero terrestre da América do Sul

Foto de abertura: Edu Fragoso/Onçafari

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE