PUBLICIDADE

Morre pombo tingido de rosa para provável festa de revelação de sexo de bebê

Morre pombo que teria sido tingido de rosa para festa de revelação de sexo de bebê em Nova York

Pombos existem em muitas cores e plumagens diferentes, mas rosa não é uma delas. Este é um pombo-rei doméstico que foi deliberadamente tingido desta cor e solto”. A notícia absurda e revoltante foi compartilhada há poucos dias pela equipe da Wild Bird Fund, de Nova York, em suas redes sociais, e rapidamente provocou muitas reações na internet.

O pombo foi encontrado num parque da cidade americana e levado para a sede da organização. Extremamente debilitada e desnutrida, a ave que era muito jovem ainda seria um alvo mais fácil para predadores por causa da cor rosa. Além disso, havia preocupação que ela lambesse a tinta e ficasse ainda mais intoxicada.

Tudo foi feito para tentar remover a substância, provavelmente tintura de cabelo, que tinha um cheiro fortíssimo, e alimentá-la, mas com pouco sucesso. Infelizmente, na terça-feira (07/02), sua morte foi anunciada.

“Estamos profundamente tristes em informar que Flamingo, nosso doce pombo rosa, faleceu. Apesar de nossos melhores esforços para retirar o vapor que sai do corante, mantendo-o calmo e estável, ele morreu durante a noite. Acreditamos que sua morte foi causada pela inalação das toxinas. Obrigado a todos pelas mensagens e muitas sugestões úteis. A história do Flamingo despertou muita comoção e gerou interesse em todo o mundo. Esperamos que a história de sua vida muito curta ajude a evitar mais atos de crueldade descuidada”, escreveu a Wild Bird Fund.

A suspeita é que Flamingo, como ele foi batizado, tenha sido tingido para fazer parte de uma festa de revelação de sexo de bebê, um tipo de evento que se tornou comum nos últimos anos, e lamentavelmente, alguns pais fazem escolhas infelizes para entreter seus convidados.

Em setembro do ano passado, algo parecido aconteceu no Brasil. Um casal tingiu a água de uma cachoeira de azul, em Tangará da Serra, no Mato Grosso, durante uma dessas festas (leia mais aqui).

A Wild Bird Fund aproveitou o momento tão triste para tentar, mais uma vez, conscientizar as pessoas sobre seus atos em relação aos animais.

“Aves domésticas – aves criadas em cativeiro – nunca devem ser soltas na natureza. Elas morrerão de fome ou predação. Com base nas centenas de comentários que recebemos, sabemos que VOCÊ sabe disso, mas, por favor, tente desencorajar outras pessoas a soltarem pássaros domésticos por qualquer motivo.

As “solturas de pombos” podem soar românticas, mas se você deixar de fora as decorações e as fotos do Instagram, elas são o equivalente a jogar seus animais de estimação indefesos na beira da estrada. Isso não é jeito de comemorar nada.

Descanse em paz, doce pássaro”.

Ave era muito jovem, estava desnutrida e debilitada: tintura foi o tiro fatal
(Foto: Phyllis Tseng/Wild Bird Fund)

Leia também:
Gata tingida de rosa é resgatada no interior de São Paulo e dono responderá a crime de maus-tratos
Cortar orelha e rabo de animais por estética não é nada bonito: é crime!
Soltar borboletas em festa de casamento não é legal. Na verdade, é ilegal. É crime ambiental!

Foto de abertura: Alexis Ayala/Wild Bird Fund

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE