PUBLICIDADE

Morre Esther, porca popular nas redes sociais e símbolo do veganismo e da proteção dos animais

Morre Esther, porca popular nas redes sociais e símbolo do veganismo e da proteção dos animais

Ter um porco de estimação não é muito comum no Brasil, mas no Canadá e nos Estados Unidos há histórias bastante inusitadas, divertidas e felizes de adoção dessa espécie. Uma das principais é a de Esther, conhecida como ‘a porca maravilha’ (‘Esther, the wonderpig’), que morava em Campbellville, Ontário, no Canadá, até ontem. Seu falecimento provocou muita tristeza nas redes sociais.

Seu Instagram tem quase 600 mil seguidores fiéis, que se entristeceram com a notícia publicada por seus tutores, Steve Jenkins e Derek Walter: “Não há uma maneira fácil de dizer isso, mas chegou o dia que todos desejávamos que nunca chegasse. Ester faleceu. Ela estava calma e em paz e adormeceu com seu pai Steve ao seu lado”.

Esther começou a ficar famosa quando os dois resolveram contar sua história “dramática”, seu sonho para seguir em frente e pedir ajuda nas redes sociais.

Morre Esther, porca popular nas redes sociais e símbolo do veganismo e da proteção dos animais

Até 2012, o corretor de imóveis e o mágico viviam uma vida normal até que Esther entrou em suas vidas, roubou seus corações e virou tudo de cabeça pra baixo.

Resgatada de uma fazenda de criação, foi adotada com a promessa de que se tratava de uma mini-pig, ou seja, teria do tamanho de um filhote para sempre. Olha que belezinha na foto abaixo.

Morre Esther, porca popular nas redes sociais e símbolo do veganismo e da proteção dos animais

No entanto, pouco tempo depois, muito saudável e bem alimentada, a porquinha começou a crescer e a ocupar cada vez mais espaço na casa onde moravam.

Morre Esther, porca popular nas redes sociais e símbolo do veganismo e da proteção dos animais

Diante da situação, Steve e Derek decidiram mudar radicalmente de vida, tornando-se alguns dos ativistas pela proteção animal e pelo veganismo mais bem-sucedidos do mundo. Enquanto isso, Esther conquistava cada vez mais fãs no Facebook e no Instagram, acumulando centenas de milhares de seguidores pelo mundo.

Decidiram criar um santuário para abrigar não só a porquinha adorável, que já estava com 300 quilos, um cachorro e um gato, mas também animais de criação resgatados de situações de maus-tratos e abandono

Para tanto, lançaram uma campanha de crowdfunding, com a qual arrecadaram US$ 440 mil e, em novembro de 2014, compraram a fazenda em Campbellville, que transformaram no Happily Ever Esther Farm Sanctuary (Felizes Para Sempre Santuário da Fazenda Esther, em tradução livre). 

Em fevereiro de 2015, o espaço abrigava quatro porcos (mais Esther), três vacas, um cavalo, um burro, um coelho e um peru, e começou a receber visitas do público em maio do mesmo ano.

Tudo ia bem até que, em 2017, os veterinários descobriram que Esther tinha câncer de mama. Ela foi submetida a uma cirurgia para remover diversos tumores e, quando ainda se recuperava, os médicos detectaram uma úlcera no estômago, que lhe causava muitas dores. 

Quase um ano depois, a porquinha retomou as caminhas diárias pela fazenda e foi recuperando a alegria. Não se sabia quantos anos de vida Esther ainda teria, mas como sempre fizeram, Steve e Derek aproveitaram cada instante de sua companhia ao lado de todos os animais que viviam na fazenda. 

Em 2019, Esther recebeu a visita da ativista sueca Greta Thunberg, que viajava pela América com o pai. Em seu Instagram, escreveu: “Íamos mudar o mundo juntas, mas ela levou meu último cupcake, então o futuro da nossa aliança é incerto. Como você ousa, Esther”.

A ativista sueca Greta Thunberg visitou Steve, Derek, Esther e seus amigos em 2019 / Foto: reprodução Instagram

A porca maravilha viveu mais seis anos, de pura vitalidade, até que se despediu da vida, de seus tutores e de seus amigos esta semana.

Steve e Derek não revelaram detalhes de sua morte e disseram que dariam um tempo das redes sociais para “processar este momento”, prometendo voltar para contar mais e responder a todas as perguntas dos seguidores. E acrescentaram: 

“Mesmo que Esther não esteja mais fisicamente conosco, sua memória e legado viverão para sempre. Esther é imortal e continuaremos a mostrar ao mundo que todos os animais merecem ser amados como ela foi”.

Veja, a seguir, o último post publicado no Instagram de Esther, que anuncia sua morte. Assista também ao vídeo no YouTube que conta um pouco de sua história em imagens.

_________

Leia também:
Vídeo mostra porcos sufocados e agonizando com gás carbônico em abatedouro da JBS na Inglaterra
(maio 2023)
Incoerência no direito animal: de um lado, cães e gatos com forte proteção legal. Do outro, crueldade na criação industrial de bois, porcos e aves (fevereiro 2022)
Aeroporto de Amsterdam ‘contrata’ porcos para afastar aves da rota dos aviões e evitar acidentes (novembro 2021)
Em decisão histórica, Califórnia aprova lei de proteção para galinhas, porcos e bezerros

Todas as imagens deste post são reproduções do Instagram de Esther; no destaque, Steve com Esther, em sua despedida

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE