PUBLICIDADE

Mexicano é primeiro caso de morte pela variante H5N2 da gripe aviária

Mexicano é primeiro caso de morte pela variante H5N2 da gripe aviária

 *Por Paula Laboissière

A Organização Mundial da Saúde (OMS) confirmou a primeira morte pela variante H5N2 da gripe aviária. O paciente, de 59 anos, vivia no México.

Este foi o primeiro caso de infecção em humano por essa variante, em específico, confirmado em laboratório em todo o mundo. O óbito foi reportado por autoridades sanitárias mexicanas no dia 23 de maio.

Em nota, a OMS destacou que o paciente, morador da Cidade do México, não tinha histórico de exposição a aves ou outros animais. A variante H5N2 já havia sido identificada em aves do país.

“O paciente tinha múltiplas condições médicas subjacentes. Os familiares relataram que ele já estava acamado há três semanas, por outros motivos, antes do início do sintomas agudos”, destacou a organização.

Com base nas informações disponíveis até o momento, a OMS avalia como baixo o risco representado pelo vírus para a população em geral.

*Texto publicado originalmente em 06/06/24 no site da Agência Brasil

———————-

Agora o Conexão Planeta também tem um canal no WhatsApp. Acesse este link, inscreva-se, ative o sininho e receba as novidades direto no celular

Leia também:
Gripe aviária é detectada em pássaros de parques de Nova York
Gatos morrem após tomar leite cru de vacas infectadas com gripe aviária
Homem contrai gripe aviária após contato com vaca possivelmente infectada
Mais de 17 mil filhotes de elefantes-marinhos morrem de gripe aviária na Argentina

Imagem de abertura: Arek Socha por Pixabay

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE