PUBLICIDADE

Lince-ibérico não está mais em risco de extinção, celebra a IUCN

Lince-ibérico não está mais em risco de extinção, celebra a IUCN

Notícias como essa precisam realmente ser celebradas. E muito! Há duas décadas a população do lince-ibérico (Lynx pardinus) era de cerca de 62 indivíduos, em regiões da Espanha e de Portugal. Graças a enormes esforços de conservação, há dois anos esse número passou para 648. E agora, o mais último levantamento, feito em 2024, indica que já são mais de 2 mil desses felinos.

Os dados foram divulgados recentemente pela União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês), ao celebrar que o lince-ibérico não é mais considerado ameaçado de extinção. Atualmente, seguindo a classificação da organização, ele é tido como ‘vulnerável’, ou seja, que exige menos preocupação.

Segundo a IUCN, uma das principais estratégias para aumentar o número de linces foi garantir a proteção dos ecossistemas que ele usa como habitat e ainda, que sua principal presa, o coelho-europeu (Oryctolagus cuniculus) estivesse disponível de forma abundante.

PUBLICIDADE

De acordo com a organização, a expansão da diversidade genética das espécies através de translocações e de um programa de reprodução ex-situ (fora do lugar de origem) também foram fundamentais para a recuperação do lince-ibérico. Desde 2010, mais de 400 espécimes foram reintroduzidos em partes de Portugal e da Espanha. Esse felino ocupa agora pelo menos 3.320 km2, um aumento em relação aos 449 km2 em 2005.

“Essa é maior recuperação de uma espécie de felino já conseguida através da conservação. Este sucesso é o resultado da colaboração empenhada entre órgãos públicos, instituições científicas, ONG, empresas privadas e membros da comunidade, incluindo proprietários de terras locais, agricultores, guardas florestais e caçadores, e as entidades financeiras e apoio logístico ao projeto LIFE da União Europeia”, diz Francisco Javier Salcedo Ortiz, coordenador do projeto LIFE Lynx-Connect, que liderou a ação de conservação do lince ibérico.

Os especialistas ressaltam, contudo, que não é hora ainda de baixar a guarda. O lince-ibérico é vulnerável a doenças transmitidas por gatos domésticos e a caça e o atropelamento em rodovias continuam a ser fatores de risco.

“Ainda há muito trabalho a fazer para garantir que as populações de lince-ibérico sobrevivam e que a espécie recupere em toda a sua área de distribuição indígena. Olhando para o futuro, existem planos para reintroduzi-la em novos locais no centro e norte de Espanha”, destaca Ortiz.

O lince-ibérico

Pesando entre 10 e 13 kg, o lince-ibérico pode medir até 1 metro de comprimento. Com pernas longas e uma cauda muito curta com uma ponta preta, possui a pelagem em tom de castanho com manchas escuras, além de uma “barba” característica em volta da cara e tufos de orelhas pretos proeminentes.

A espécie se alimenta principalmente de lebres selvagens e foi por causa da diminuição nos números desses animais, impactados por doenças, que os linces começaram a desaparecer. Um adulto precisa de cerca de um coelho por dia, já para a fêmea criando filhotes a quantidade pode chegar a três.

Todavia, os linces também têm como presas patos, veados jovens e perdizes, caso as densidades de lebres forem baixas.

Lince-ibérico não está mais em risco de extinção, celebra a IUCN

Filhote de lince-ibérico nascido em programa de conservação ex-situ
Foto: http://www.lynxexsitu.es, CC BY 3.0 ES via Wikimedia Commons

—————————

Acompanhe o Conexão Planeta também pelo WhatsApp. Acesse este link, inscreva-se, ative o sininho e receba as novidades direto no celular

Leia também:
Morre Aura, a lince-ibérica que com 14 filhotes ajudou sua espécie a sobreviver à extinção
Permissão para a caça de centenas de linces na Suécia gera protestos e indignação

Foto de abertura: Diego Delso, CC BY-SA 4.0 via Wikimedia Commons

Comentários
guest

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Claudio Ortiz
Claudio Ortiz
8 dias atrás

Magnífico trabalho de recuperação do lince ibérico!

Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE