Jovem empreendedor da Amazônia é único brasileiro em lista de 30 lideranças que se destacam em sustentabilidade no planeta

Macaulay Souza é um jovem de 26 anos que, em 2018, fundou a Onisafra, plataforma que conecta produtores da agricultura familiar e consumidores, sejam pessoas ou empresas – e sobre a qual já escrevi aqui, no Conexão Planeta. Sua empresa, um negócio que traz impacto positivo para agricultores e agricultoras no Amazonas e também para a floresta Amazônica, gera renda para suas populações com sustentabilidade.

Quando idealizou o negócio, em 2015 – ainda cursava engenharia agronômica -, tinha como motivação encontrar modos de ajudar a agricultura familiar a escoar sua produção, eliminando intermediários e ligando-os diretamente ao consumidor. Queria garantir alimento saudável na ponta e segurança alimentar e renda justa para os produtores.

O modelo também gera economia para o agricultor, já que ele colhe apenas aquilo que já está vendido e evita desperdício, deixando por mais tempo na terra os alimentos que podem esperar um pouco mais para serem colhidos.

Uma nova geração de negócios sustentáveis

E é por esse trabalho que Macaulay foi escolhido pelo Grupo GreenBiz como uma das 30 jovens lideranças que estão implementando mudanças sustentáveis no planeta por meio de sua atuação com empresas, associações e negócios em geral. A lista é anual e já está em sua quinta edição. Em 2020, além do líder brasileiro, jovens de outros seis países despontam em diversas áreas, todos com menos de 30 anos. Macaulay é também o único da América Latina nesse grupo.

Com base em uma pesquisa global, o GreenBiz mapeia líderes emergentes de todo o mundo com atuação em setores que estão moldando uma próxima geração de negócios sustentáveis. Os jovens foram indicados pelos leitores do site do grupo e selecionados por sua equipe editorial, entre centenas de indicados, como líderes que estão impulsionando importantes mudanças em suas áreas de atuação.

“Recebemos um número recorde de indicações para esta edição de homenageados, o que ajudou a equipe do GreenBiz a selecionar a lista mais diversificada até o momento”, diz Heather Clancy, diretora editorial do GreenBiz Group.

“Estou impressionada com o que esses jovens profissionais têm já realizado em suas carreiras e empolgada com sua contribuição nos próximos meses e anos, especialmente à medida que o mundo tenta resolver os desafios interconectados da crise climática e da desigualdade econômica“.

Presença amazônica atrai atenção do mundo

Para Macaulay, ser o único brasileiro e amazônida na lista traz relevância para a região amazônica, e não só no sentido individual.

“Mostra que as pessoas que estão aqui, desenvolvendo soluções reais para a sociedade, geram um impacto positivo real. Sinto uma responsabilidade em relação a isso, ao mesmo tempo em que me sinto confortável, porque sei o valor do trabalho que a gente vem fazendo. O time da Onisafra, mas também pessoas ao redor que fomentam programas, mentores, pessoas dentro do governo, tudo isso cria o ambiente necessário para que a gente tenha sido escolhido”.

Esse tipo de destaque internacional, na avaliação de Macaulay, que traz mais visibilidade para a região amazônica, também proporciona oportunidades para que outras organizações comecem a prestar atenção não só na empresa, mas em todo o ecossistema de impacto envolvido. O que, segundo ele, tem uma relevância muito grande por alavancar mais negócios de impacto positivo na Amazônia. 

Acompanhe a Onisafra pelas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

Foto: Divulgação

Edição: Mônica Nunes

Mônica Ribeiro

Jornalista e mestre em Antropologia. Coordenou a Comunicação da Secretaria do Verde da Prefeitura de São Paulo – quando criou as campanhas ‘Eu Não Sou de Plástico’ e, em parceria com a SVB, a ‘Segunda Sem Carne’. Colabora com a revista Página 22, da FGV-SP e com a Plataforma Parceiros Pela Amazônia, e atua nas áreas de meio ambiente, investimento social privado, economia solidária e negócios de impacto, linkando projetos e pessoas na comunicação para um mundo melhor

Deixe uma resposta