Jamie Oliver convida você a se juntar à #FoodRevolution

jamie oliver

Os dados dizem tudo: desde 1975, a obesidade triplicou entre os homens e mais que dobrou entre as mulheres no mundo. E o mais preocupante são as crianças. Cerca de 41 milhões delas – menores de 5 anos – estão acima do peso. Enquanto isso, 159 milhões de meninos e meninas estão subnutridos em países pobres.

Para reverter estes números, desde 2010 o chef britânico Jamie Oliver, famoso por seus programas na televisão, vem fazendo uma campanha internacional para mudar a maneira como comemos. O objetivo da Food Revolution é fazer com que as pessoas cozinhem mais, ou seja, deixem de comer fast food e pratos prontos, e preparem suas próprias refeições, utilizando ingredientes frescos e saudáveis.

“O acesso a uma alimentação boa e nutritiva é um direito de qualquer criança. Mas atualmente não estamos proporcionando isso a elas. Milhões de crianças comem alimentos errados, enquanto outros milhões não têm o suficiente para poder crescer”, afirma Oliver. “Precisamos nos unir, juntos numa única e forte voz, para forçar governos e empresas a investir num futuro mais saudável e feliz para o mundo”.

Este ano, o #FoodRevolutionDay será comemorado nesta sexta, 20/05. A ideia é fazer muito barulho nas redes sociais e disseminar o conceito de que precisamos ensinar nossas as crianças a comer bem, com pratos bem coloridos, para que elas tenham um futuro melhor.

Amanhã, a partir das 14 hrs (horário do Brasil), em sua página no Facebook, Jamie Oliver irá divulgar uma série de vídeos live stream com diversas receitas, recomendações, bate-papo e “muita diversão”, promete o chef. Em seguida, celebridades e cozinheiros de vários países, entre eles o Brasil, participarão localmente da ação.

Uma das principais batalhas de Jamie Oliver é fazer com que a comida servida em escolas, sobretudo de países como Inglaterra e Estados Unidos, seja mais balanceada. Mas aqui no Brasil, você também pode fazer a sua parte. Se na escola de seu filho, o que está sendo oferecido não é saudável, junte-se com outros pais, converse com o colégio e também, pressione os governantes a aderir a esta campanha.

Mas não se esqueça: exemplo vem de casa. As crianças sempre têm os pais como exemplos, por isso, o primeiro passo começa no lar. Compre frutas, verduras e legumes e convide seus filhos a prepará-los com você.

Para quem fala inglês, vale a pena seguir a página de Jamie Oliver #FoodRevolution, em que é possível encontrar todas as novidades da campanha, debates importantes e até dicas de receitas.

Você pode também colocar seu nome no abaixo-assinado #FoodRevolution no site Change.org. Mais de 1,6 milhão de pessoas já aderiram à iniciativa. Ou então se tornar um revolucionário para receber notícias da campanha aqui.

Imagem: divulgação Food Revolution/Jamie Oliver

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Deixe uma resposta