Imagens chocantes revelam crueldade e abusos em testes com animais em laboratório na Espanha

Imagens chocantes revelam crueldade e abusos em testes com animais em laboratório na Espanha

Uma investigação exclusiva feita pela organização Cruelty Free International no laboratório Vivotecnia, em Madrid, na Espanha, revela imagens chocantes e revoltantes da crueldade e abusos impostos a animais que fazem parte de testes para desenvolvimento de produtos para as indústrias química, agrícola e de cosméticos. Entre seus clientes há empresas não somente da Europa, mas dos Estados Unidos, Japão e América Central.

O vídeo e as imagens foram obtidos por uma pessoa que trabalhou no local. Eles mostram o sofrimento e a bárbarie pela qual passam cachorros, porcos, coelhos macacos, camundongos e ratos.

As filmagens mostram não apenas animais maltratados, mas qualquer falta de respeito e inclusive, deboche e escárnio perante esses seres vivos. Um funcionário da equipe do laboratório desenha um rosto nos genitais de um macaco enquanto o animal é preso à mesa e seu sangue é coletado.

“Há cães e ratos girando e animais sendo cortados sem anestesia. O vídeo mostra macacos jovens fisicamente contidos, sem sedação fornecida para reduzir sua ansiedade. Vemos coelhos lutando com seus dispositivos de contenção, caindo e sofrendo graves lesões na coluna vertebral”, denuncia a Cruelty Free International.

De acordo com a organização, o laboratório Vivotecnia claramente não está cumprindo as exigências determinadas pelas leis europeias e espanholas do setor. Foram enumeradas várias irregularidades:

– O comportamento cruel de alguns funcionários em relação aos animais;
– Os cães costumam ser separados de seus companheiros de gaiola em alojamentos estéreis e mal mantidos, sem brinquedos ou roupas de cama, sem programas regulares de exercícios;
– Porcos alojados em salas escuras em um piso duro de ripas, sem áreas de descanso e sem cama;
– Técnicas de manejo inadequadas usadas para pegar e conter animais, por exemplo, agarrados pela nuca, orelhas e cauda;
– Os animais sofrem rotineiramente mais do que precisavam, como em procedimentos como gavagem oral (inserção de uma cânula até o estômago) e coleta de sangue.

Os animais passam ainda por testes de toxicidade, que envolvem a aplicação de substâncias químicas em animais para “observar” quanto de um produto ou medicamento é necessário para causar danos graves, em uma tentativa de medir o que seria uma dose “segura” para os seres humanos. Para isso, são injetados nos animais ou eles são forçados a ingerir ou inalar quantidades crescentes de uma substância para medir os efeitos tóxicos que podem ser graves e incluem vômitos, sangramento interno, dificuldade respiratória, febre, perda de peso, letargia, problemas de pele, falência de órgãos e até morte. Não são fornecidos anestésicos ou analgésicos.

“Esta filmagem mostra mais uma vez o lado negro dos testes de toxicidade em animais. Descobrimos uma horrenda mistura de sofrimento e crueldade na forma como os animais são alojados, manuseados e abusados, bem como incontáveis violações da legislação espanhola e da UE”, alerta Katy Taylor, diretora de Assuntos Regulatórios e Ciência da Cruelty Free International. “É impensável que isso aconteça na Europa. A Comissão Europeia nos diz que a Diretiva 2010/63 não apenas protege os animais usados na ciência, mas também fornece uma estratégia para substituir os testes em animais. Não faz nenhum dos dois”.

As imagens reveladas são todas chocantes e revoltantes

A ONG pede agora que o governo espanhol revogue a licença de funcionamento da Vivotecnia e feche o laboratório. Também está exigindo uma revisão urgente por parte da União Europeia de todos os testes de toxicidade e um plano de ação para o fim dos testes em animais.

uma petição online, que já conta com mais de 250 mil assinaturas pedindo o fechamento do laboratório espanhol! Assine você também aqui!

Abaixo compartilhamos o vídeo feito na Vivotecnia. Todvia, um ALERTA, as imagens são fortíssimas. Caso você seja muito sensível, não assista!

——————————————————————————————————————–

*Atualizado às 18h
Segundo foi noticiado pelo jornal espanhol El Mundo, a Consejería de Medio Ambiente, Ordenación del Territorio y Sostenibilidad de Madrid decidiu suspender as atividades do laboratório Vivotecnia depois de feita uma inspeção no local e constatado que há maus-tratos aos animais.

Leia também:
Imagens chocantes mostram tortura e crueldade em testes com animais em laboratório alemão
#LiberteSeDaCrueldade: Xuxa, modelos e infuenciadores se unem em campanha pela proibição de testes de cosméticos em animaisCampanha global pede o fim do uso de animais em testes na indústria de cosméticosPele descartada de cirurgias plásticas substitui uso de animais em testes de cosméticosBrasileira recebe prêmio internacional por pesquisa com alternativa a testes com animais

Foto: Cruelty Free International 

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Deixe uma resposta