PUBLICIDADE

Imagens chocantes de animais carbonizados mostram o impacto dos incêndios na região Centro-Oeste

Imagens chocantes de animais carbonizados mostram o impacto dos incêndios no Pantanal

Infelizmente, a história se repete. Depois da tragédia que ocorreu em 2020, quando quase 30% do bioma Pantanal foi consumido pelo fogo e milhares de animais morreram, organizações e moradores da região relatam que os incêndios já começaram a fazer novos estragos e fatalidades.

Na quarta-feira, 25/08, a ONG É o Bicho MT, de Mato Grosso, postou em suas redes sociais imagens chocantes de uma onça-pintada e um macaco carbonizados. “Recebemos essas fotos de animais mortos em incêndios em diversas áreas do Cerrado e do Pantanal. Há muitos incêndios ativos onde provavelmente mais animais estão morrendo. É chocante e aterrorizante ver essas cenas se repetindo como no ano passado. Até quando? Não aprendemos nada com a tragédia do Pantanal?”, escreveu a organização.

A onça que aparece na foto, que abre esta reportagem, foi uma das vítimas dos incêndios que atingem propriedades nos municípios de Jaciara e Don Aquino, no sul do Mato Grosso. Também há relatos de fogo em Poconé e Cárceres, além da Chapada dos Guimarães.

Já no Mato Grosso do Sul, as regiões onde há os maiores números de focos de incêndios são a Terra Indígena Kadiwéu e em Porto Murtinho.

Imagens chocantes de animais carbonizados mostram o impacto dos incêndios no Pantanal

Não bastou a tragédia de 2020: macaco encontrado carbonizado há poucos dias

De acordo com dados divulgados pelo Instituto SOS Pantanal, a seca histórica no Pantanal, aliada com as altas temperaturas, está facilitando a dispersão das chamas no bioma. A área total consumida pelo fogo está em quase 262 mil hectares.

Só nesta última semana, foram detectados 1.380 novos focos de calor. Além disso, o nível do Rio Paraguai é alarmante.

“Diante dessas cenas e das dezenas de focos de queimadas espalhados por Mato Grosso fica o nosso questionamento. É urgente que se faça algo e não apenas apagar o fogo quando o estrago está feito”, ressalta a ONG É o Bicho MT. “Estamos prontos para ajudar. Há animais silvestres passando fome e sede por conta da seca e das queimadas. Estamos preparados para iniciar o trabalho de alimentação mas até agora não recebemos a autorização. Chegou a hora, mais uma vez, de nos unirmos para fazer o que for possível e salvar o que ainda resta da nossa fauna”. 

A organização faz um trabalho muito bacana com os animais do Pantanal. Assista ao vídeo abaixo e se quiser contribuir com ela, é possível doar dinheiro neste link

Fotos: divulgação É o Bicho MT

Comentários
guest

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Regina
Regina
2 anos atrás

Meu Deus, a ONG pronta para ajudar e ainda não teve permissão para agir. Pra q tanta burocracia com parceiro apto num momento de crise como esse? O q justifica tamanha lerdeza? O peso da caneta… Enquanto isso vidas vão se perdendo.
Realmente, parece um complô contra os nossos biomas.

Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE