PUBLICIDADE

Ibama fecha zoológico em Pernambuco e apreende 175 animais que sofriam maus-tratos

Ibama fecha zoológico em Pernambuco e apreende 175 animais

*Texto atualizado em 06/06/23, às 16h20

São chocantes as poucas imagens divulgadas pela equipe do Ibama de Pernambuco. A operação Cage, que resultou no fechamento do zoológico em Porto de Galinhas, foi realizada há poucos dias.

O Ibama não divulgou o nome do local, mas informou que o zoológico já havia sido notificado anteriormente pela Agência Estadual do Meio Ambiente (CPRH), vinculada à Semas, para que adequasse os recintos e as condições de abrigo aos animais, o que não foi atendido.

Durante a ação, foram apreendidos 175 animais. Segundo o Ibama, alguns estavam mutilados. Corujas passavam o dia inteiro amarradas em cordas nos poleiros, como a da foto mais acima. Algumas espécies não possuíam marcação, o que indicaria que seriam mantidas ilegalmente.

Os animais foram encaminhados para um centro de tratamento e triagem do Ibama em Pernambuco.

Havia ainda recintos vazios, que o Ibama suspeita da retirada antecipada dos animais. Além de fechado, o zoológico foi multado em R$ 300 mil.

“A manutenção de animais em cativeiro envolve a responsabilidade de lhes assegurar o mínimo de bem-estar. Os zoológicos e a manutenção dos animais são regidos pela Lei n° 7173/83, IN n° 07/15 e resolução Conama n° 487 e 489/18”, informa o órgão.

O Instituto Pet Silvestre, proprietário do “Zoo Interativo de Porto de Galinhas” – este é o nome do local, usou suas redes sociais para afirmar que a ação do Ibama foi “arbitrária” e que os animais em questão tinham sido resgatados ou eram vítimas do tráfico. Ainda segundo o responsável, os bichos não sofriam maus-tratos.

“Nunca recebemos qualquer notificação do órgão ambiental estadual, nós cumprimos todas as exigências e condicionantes, tanto que nossa licença de operação é válida. A ação do Ibama foi completamente arbitrária, atropelando toda a legislação e competência do estado. Durante um fim de semana, onde não teríamos direito a defesa judicial, pois não era dia útil e não tínhamos nenhum órgão público para nos defender”, afirmou Uily Oliveira, presidente do Instituto Pet Silvestre, em entrevista ao Conexão Planeta.

Oliveira diz ainda que os animais já estavam mutilados quando foram entregues pelo próprio Ibama.

“As corujas ficavam atreladas para o nosso programa de educação ambiental, onde utilizamos técnicas de falcoaria para o condicionamento e treinamento das aves de rapina. Tudo isso foi tecnicamente aprovado em nosso projeto técnico e no parecer técnico do órgão ambiental estadual que nos licenciou, alega o proprietário.

O Conexão Planeta pediu cópia das licenças ambientais do zoológico, mas o Pet Silvestre respondeu que está aguardando uma decisão judicial e por orientação do setor jurídico não pode fornecer qualquer documento para imprensa neste momento.

Também estamos aguardando uma declaração do Ibama de Pernambuco sobre as alegações feitas pelos proprietários do zoológico.

Ibama fecha zoológico em Pernambuco e apreende 175 animais que sofriam maus-tratos

Imagem de uma das aves apreendidas pelo Ibama


Ao longo das últimas décadas houve muitas mudanças na maneira como algumas dessas instituições funcionam. As sérias, obviamente. De um modelo ultrapassado, em que esses eram lugares onde animais exóticos ficavam expostos para serem vistos pelos seres humanos, os zoos modernos se tornaram centros de estudo, pesquisa e também, de reprodução em cativeiro de diversas espécies, e com isso, são aliados fundamentais para a preservação da biodiversidade.

Leia também:
Projeto de lei propõe fim dos zoológicos no Rio Grande do Sul e criação de santuário para animais
Muito além do entretenimento, zoos e aquários têm função educativa e de pesquisa da vida selvagem
Zoológicos: a transição de um modelo exploratório para importantes aliados da pesquisa e conservação
Papagaios-de-peito-r
oxo, nascidos em zoológico de Curitiba, ajudam a repovoar área em Santa Catarina, onde espécie foi extinta

Fotos: divulgação Ibama

Comentários
guest

20 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Júnior
Júnior
1 ano atrás

Que vergonha essa publicação, totalmente fora de contexto. As aves mutiladas e sem marcação foi o próprio Ibama que fez a doação para que a turma do zoológico cuidasse… Se ver os vídeos da atuação do Ibama, foi uma completa selvageria, além de toda crueldade por parte do Ibama na forma de recolher os animais, todos foram mal armazenados em caixas se qualquer preparo, o carro totalmente sem ventilação. Vejo essa publicação e fico imaginando até quando vamos ter que ver a crueldade do jornalismo invertendo os fatos?

Camilla liria
Camilla liria
1 ano atrás

Esse zoo recebem animais mutilados de tráfico e sem condições de voltar a natureza deviam investigar isso direito.

Flavio
Flavio
1 ano atrás
Reply to  Camilla liria

Era pra proibir zoológico. pois sim preserva a mata ,e deixe livre todos basta deixe os animais em paz humano.vamos ter amor as floresta e animais..

Felipe Castro
Felipe Castro
1 ano atrás
Reply to  Camilla liria

O jornalista que escreveu a matéria deveria escutar o outro lado, pois as “poucas imagens” mostradas pelo Ibama, não dão a entender nada, mas os vídeos do zoo da apreensão mostram bem o terror aos bichos que o Ibama fez. Deveria procurar estudar mais o assunto.

Clodoaldo
Clodoaldo
1 ano atrás

Susana Camargo voce não tem a minima ideia de como esses animais eram bem cuidados e amados. Crime foi a forma que foram retirados de la. Com muita falta de experiência de quem diz trabalhar no ibama. Aqui todos nós moradores e turistas conhecemos o zoologico e sabermos que nunca houve maus tratos nenhum aos animais. E lamentavel

Andresa Souza
Andresa Souza
1 ano atrás
Reply to  Clodoaldo

Excelente esse zoológico em Porto de Galinhas, os animais eram muito bem tratados, muito triste tudo isso, esse final de semana estava em Porto e quando fui novamente olhar os animais me deparei com o local fechado. Acredito ser tudo um mal entendido. Espero que em breve volte o funcionamento.

Clodoaldo
Clodoaldo
1 ano atrás

As fotos do ibama são controverças. As arararas nunca tinham as asas nesta cituaçao. Isto pode ter acontecido quando eles de forma truculenta como tem videos gravados foram pegar elas para retirar do seu edpaço. E a coruja que eu ja conheço a tempo nao estava sendo maltratada por estar amarrada. Ela era sempre docil pois varias pessoas que ia ao zoo sempre lhe passava amor. Sem contar que tinham profissionais capacitados para o acompanhamento explicativos de cada animais. Retirar eles dali isso sim foi um crime.

MONIQUE CARINE ENOQUE HILARIO
MONIQUE CARINE ENOQUE HILARIO
1 ano atrás

Tudo mentira, moro aqui, perseguição política fizeram tudo isso por perseguição, mas quem vai questionar o Ibama não é verdade, vc ja viu os vídeos do próprio Ibama manuseando os animais… Verdadeira tortura.

Daniela
Daniela
1 ano atrás

Tudo mentira!

Alice
Alice
1 ano atrás

Não é bem assim a história. Os animais não eram maltratados. E quem machucou a asa da arara foi o cada do IBAMA. Despreparo total no trato cm os animais. O IBAMA ultimamente só tem dado tiro n’água. Levaram os animais no abafado,no sol quente por horas e isso sim são maus tratos.

Clayton Domingos Viana
Clayton Domingos Viana
1 ano atrás

O local não fazia mais tratos, pelo contrário era um zoológico que faz um trabalho de educação ambiental e reprodução de espécies em cativeiro, o Ibama quem fez mais tratos ao fazer a captura e locomoção dos animais de forma completamente errada, além de justificativas esdrúxulas para fazer as apreensões.
Basta assistir os vídeos.

Elizabeth
Elizabeth
1 ano atrás

Vocês “jornalistas” deveriam checar os fatos com finalidade se publicar a verdade e não apenas informações duvidosas para ocupar um espaço editorial. Se vc tivesse tido ao menos a curiosidade de pesquisar o tal “zoológico” no Instagram se envergonharia de publicar essa matéria falaciosa. Existe uma grupo imenso de pessoas, instituições, advogados buscando fazer justiça em face da apreensão arbitraria feita pelo IBAMA, em Pernambuco. O instituto recebia animais vítimas de maus tratos dos próprios órgãos ambientais locais, IBAMA, inclusive, fazia readaptação desses animais, reprodução assistida, trabalho educacional junto à sociedade que tinham a oportunidade de se aproximar deles sob orientação e supervisão dos profissionais que trabalhavam no local. Veterinários, biólogos e acadêmicos compunha a equipe de profissionais do local. A quem interessar possa conhecer a verdade dos fatos acessem a página no Instagram do @petsilvestre e saibam como as coisas se deram. Medidas judiciais estão sendo tomadas contra o IBAMA, enquanto isso o órgão planta notícias sem o devido contraditório e a ampla defesa maquinando os fatos. Uma pena que atualmente com tantas facilidades um profissional não busque saber a veracidade do que vai publicar. Assim nasce uma prática moderna e contra legis muito difundida contemporâneamente.

Charles Dias
Charles Dias
1 ano atrás

Nunca ouvi falar desse zoológico

Jaqueline
Jaqueline
1 ano atrás

Meu Deus, estarrecida com essa notícia. A gente lê a pauta, imaginando ser tudo verdade. Quando vêm nos comentários, tudo controverso. Quem sofre são os animais. Que tristeza.

Moysés Lima
Moysés Lima
1 ano atrás

Já estive no zoo e vi os animais bem tratados e equipe bem preparada para os cuidados devido com os animais. Espero que seja resolvido da melhor forma possível. Ali vi animais que se não tivesse os cuidados que estavam tendo estariam mortos ou nas mãos do tráfico.

Charles
Charles
1 ano atrás

Conheço o biólogo deste zoo , pessoa altamente comprometida com o que faz , esse sim sabe Amar os animais.

Carla
Carla
1 ano atrás

Os animais não estavam maltratados, maltrato foi a forma que eles foram retirados.

Maísa Campitelli
Maísa Campitelli
1 ano atrás
Reply to  Carla

Pelo modo como os agentes do Ibama acondicionaram os animais quando foram apreendidos dificilmente chegaram vivos ao destino para onde foram realocados, pois no vídeo que eu assisti do momento da apreensão, os animais e aves foram colocados debaixo de capotas de camionetes em um dia de muito calor!

João
João
1 ano atrás

Isso é uma idiotice, como animais sofrem maus tratos em um zoo interativo??? Essa galera do Ibama não sabe nem conter um bicho, pegaram o tucano pelo bico.. isso é um bando de inútil! e outra, quem sabe o mínimo sobre falcoaria, sabe q aves de rapina ficam atreladas ao poleiro como a coruja da imagem.

Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE