PUBLICIDADE

Governo federal proíbe uso de animais em testes de cosméticos e produtos de higiene pessoal

Governo federal proíbe uso de animais em testes de cosméticos e produtos de higiene pessoal

Antes tarde do que nunca. A partir de agora, animais vertebrados, como cachorros, ratos e coelhos, não poderão mais ser usados em pesquisa científica nem no desenvolvimento e controle de qualidade de produtos de higiene pessoal, cosméticos e perfumes. A resolução foi publicada na edição de hoje (01/03) do Diário Oficial da União e já está em vigor.

A medida vale para ingredientes e compostos que já possuam segurança e eficácia comprovadas cientificamente. A nova regra não atinge estudos de medicamentos e vacina.

A resolução tinha sido aprovada em dezembro de 2022 pelo Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (Concea), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. O objetivo é evitar que os animais sejam submetidos a experimentos cruéis sem necessidade.

Existem métodos alternativos bem conhecidos como o uso de cultura em células e tecidos e órgãos em chip. Há anos, União Europeia, Israel, Índia, Coreia do Sul e Nova Zelândia proibiram essa prática.

No Brasil, a proibição do uso de animais em testes ganhou destaque após o caso do Instituto Royal, em Cotia, na grande São Paulo, em 2013. Na época, ativistas retiraram do laboratório 173 cães e sete coelhos usados para pesquisa, com a alegação de maus-tratos. O instituto fechou as portas.

Leia também:
Empresa da área médica de Elon Musk é investigada pela morte de 1.500 animais em testes

Rodrigo Santoro dá voz a Ralph, personagem principal de campanha tocante pelo fim dos testes com animais na indústria de cosméticos
Imagens chocantes revelam crueldade e abusos em testes com animais em laboratório na Espanha
Cientistas israelenses criam medicamento para tratamento de câncer sem usar animais em testes
Imagens chocantes mostram tortura e crueldade em testes com animais em laboratório alemão

Foto de abertura: Ricky Kharawala on Unsplash

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE