PUBLICIDADE

Governo do Chile veta projeto bilionário de porto e mineração perto de reserva natural, habitat de pinguim ameaçado

Governo do Chile veta projeto bilionário de porto e mineração perto de reserva natural, habitat de pinguim ameaçado

O governo do Chile, sob o comando do presidente Gabriel Boric, tomou uma decisão firme esta semana, aplaudida por ambientalistas. Foi vetada a construção de um complexo portuário, uma planta de dessalinização e a abertura de uma mina de ferro e cobre numa região próxima à Reserva Nacional Pingüino de Humboldt, ao norte do país, a 450 km da capital Santiago.

A reserva natural consiste em três ilhas e é habitat de 80% da população mundial do pinguim-de-humboldt (Spheniscus humboldti), espécie ameaçada de extinção. Além disso, vivem ali leões-marinhos, a menor espécie do planeta de lontra, assim como baleias.

Segundo a Andes Iron, empresa idealizadora do projeto Dominga, estimado em US$ 2,5 bilhões, as atividades iriam proporcionar milhares de trabalhos diretos e indiretos numa primeira fase e centenas de outros quando o porto e a usina de mineração entrassem em operação. A companhia afirmou que irá recorrer da decisão. Alega que a região é empobrecida economicamente e a população seria beneficiada com o empreendimento.

“O projeto Dominga não apenas cumpre, mas supera todos os padrões e está alinhado com os princípios estabelecidos pelo governo para projetos industriais e de mineração sustentáveis”, afirmou a Andes Iron em comunicado.

A previsão é que seriam extraídas 12 milhões de toneladas de minério de ferro por ano e 150 mil toneladas de cobre, em um período de 22 anos, tornando-se o maior empreendimento desse tipo no Chile.

Governo do Chile veta projeto bilionário de porto e mineração perto de reserva natural, habitat de pinguim ameaçado

Uma das ilhas que fazem parte do parque nacional: valor ecológico único
(Foto: César Villarroel/CONAF)

Desde que assumiu o governo em março do ano passado, Gabriel Boric já tinha demonstrado sua oposição ao projeto. Em 2017, a então presidente do Chile, Michelle Bachelet, também vetou os planos da Andes Iron. Todavia, seu sucessor, Sebastian Pinera, deu ordens para que a Suprema Corte reavaliasse a questão.

Investigações revelaram mais tarde que a família de Pinera esteve envolvida em negócios com a mineradora, realizados em paraísos fiscais.

“Estamos confiantes de que uma (decisão) robusta, baseada em evidências foi adotada aqui”, disse Maisa Rojas, ministra do Meio Ambiente. “O porto estaria em um lugar que tem um valor ecológico absolutamente único”.

Governo do Chile veta projeto bilionário de porto e mineração perto de reserva natural, habitat de pinguim ameaçado

Grupo de pinguins-de-humbold na reserva nacional do Chile
(Foto: César Villarroel/CONAF)

*Com informações do site Phys.org

Leia também:
Mulheres são maioria no gabinete de governo de Gabriel Boric, presidente eleito no Chile
Brownie, ‘o Primeiro-Cão da República do Chile’, promete lutar pela adoção de animais e contra maus-tratos
Árvore mais antiga do mundo, com mais de 5 mil anos, pode ser um cipreste no Chile
O derretimento das geleiras na Cordilheira dos Andes e a falta d’água no Chile
Após 150 anos, Chile devolve ao povo Rapa Nui escultura da Ilha de Páscoa

Fotos: reprodução Facebook Corporación Nacional Forestal (CONAF)/Ministério da Agricultura Chile/César Villarroel

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE