Fotógrafo ‘flagra’ ursos polares em estação metereológica abandonada em ilha russa, em 1992

Fotógrafo russo 'flagra' ursos polares em estação metereológica abandonada

A foto sensacional de um urso polar debruçado numa janela ganhou destaque num concurso promovido pela revista National Geographic russa no final do ano passado.

Fotógrafo russo 'flagra' ursos polares em estação metereológica abandonada
Indicação de Dimitri Kokh entre os vencedores do concurso no site da revista National Geographic russa

A imagem batizada de Temporada de Verão faz parte de um ensaio realizado pelo fotógrafo russo Dimitri Kokh, com drone, numa estação metereológica abandonada na ilha Kolyuchin na baía homônima localizada no mar de Chukchi, na costa norte da Península de Chukotka, na Rússia

Fotógrafo russo 'flagra' ursos polares em estação metereológica abandonada
Estação polar da Rota do Mar do Norte, construída em 1934 na Ilha Kolyuchin Foto: Ansgar Walk/Wikipedia

As fotos produzidas por Kokh revelam cenas hilárias de ursos polares que habitam a região e ocuparam a estação polar da Rota do Mar do Norte, construída em 1934 por cientistas soviéticos e que funcionou como base até 1992, quando foi abandonada.

Algumas foram publicadas pelo fotógrafo em seu site e no Instagram – neste caso em outubro (veja no final deste post) e dezembro (na foto, aparecem dois ursos na janela). E, esta semana, a história foi apresentada pela Agência Russa. Kokh ainda produziu um vídeo com drone, que você pode assistir no final deste post.

Fotógrafo russo 'flagra' ursos polares em estação metereológica abandonada
Foto: Dimitri Kokh
Foto: Dimitri Kokh
Foto: Dimitri Kokh
Foto: Dimitri Kokh
Foto: Dimitri Kokh

Morsas e aves

Há cerca de 1.500 anos, a ilha era habitada, mas há muito tempo não há vilarejos residenciais por lá. De acordo com a Agência Russa, o assentamento mais próximo fica a pouco mais de 14 quilômetros pelo mar.

Os animais passeiam livremente pelas instalações da estação que, junto com as casas de madeira dos exploradores, são as principais atrações do local.

Mas não são apenas os ursos polares que vivem na ilha. Com a ausência de seres humanos, morsas e uma grande variedade de espécies de aves do Ártico voltaram à região, recuperando seu habitat natural. Esporadicamente recebem a visita de pesquisadores e turistas aventureiros.

A seguir, veja um dos posts publicados por Kokh em seu perfil no Instagram e assista ao vídeo com cenas dos ursos em ação e perseguindo o drone, curiosos.

Mônica Nunes

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na revista Claudia, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, da mesma editora, considerado pela United Nations Foundation como o maior portal no tema. Integrou a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade e, em 2015, participou da conferência TEDxSãoPaulo.

Deixe uma resposta