Fotógrafo flagra a imagem comovente de um “pai” cisne que carrega filhotes após morte da fêmea

Fotógrafo flagra a imagem comovente de um "pai" cisne que carrega filhotes após morte da fêmea

Desde abril, os moradores que passavam ao longo da Esplanada do Rio Charles, na cidade de Boston, nos Estados Unidos, acompanhavam a chegada de seis filhotes de cisne. O ninho tinha sido feito bem próximo da margem e era possível ver a mãe e o pai tomando conta dos ovos. Há poucas semanas os filhotinhos nasceram, mas qual não foi a surpresa de todos quando dias depois a fêmea faleceu.

Autoridades locais recolheram o corpo do cisne e realizaram uma necropsia, mas relataram que não havia nenhum problema aparente com a saúde da ave.

Com a morte da mãe, um dos filhotes acabou morrendo afogado e outro precisou ser resgatado. Todavia, apesar de toda a tragédia e tristeza do caso, uma imagem feita pelo fotógrafo Matthew Raifman comoveu milhares de pessoas e viralizou nas redes sociais.

Raiffman fez um flagrante do macho cisne carregando três de seus filhotes em seu corpo, e logo atrás, mais um deles, seguindo a família.

Em seu perfil no Instagram, ele fez o relato a seguir:

“Uma das histórias mais emocionantes e comoventes dos últimos tempos… Esse papai cisne, que ficou sozinho, está enfrentando o desafio. Hoje, eu finalmente tive a chance de fotografá-lo e encontrei três dos quatro filhotes restantes pegando uma carona com o pai enquanto o quarto vinha logo atrás. Corri para uma ponte bem a tempo de pegá-los entrando na lagoa Esplanade. Se tudo der certo, nossa mais nova família de cisnes ficará bem, e toda Boston está torcendo por eles! ❤️”.

Em entrevista a sites de Boston, o fotógrafo contou que sentiu uma certa conexão com o cisne porque ele também é um pai jovem: tem um bebê de quase 2 anos em casa.

“Me senti uma espécie de alma gêmea com este papai cisne que está apenas tentando ser resiliente em face de uma vida bastante desafiadora”, afirmou.

“Acho que devido ao que estamos passando, como sociedade, por esse momento realmente desafiador nos últimos dois anos … E há algo sobre o elemento agridoce dessa experiência, que esse cisne que foi desafiado dessa forma. Ele superou, apesar de ter perdido um membro da família. É algo com que realmente podemos nos identificar “, disse Raifman em entrevista ao Local12.

A nova família tem sido vista com frequência no rio e todos parecem bem. Em geral, o macho e a fêmea cuidam de seus filhotes por aproximadamente um ano. Mas agora esse trabalho ficará todo por conta do cuidadoso papai cisne.

Leia também:
Cisnes e peixes voltam aos canais de Veneza, patos à Roma e golfinhos à Sardenha, com a quarentena do coronavírus na Itália
Com vídeos de seus “visitantes” na varanda, australiana conquista milhões de fãs no TikTok

Fotos: Matthew Raifman

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Deixe uma resposta