PUBLICIDADE

Fóssil de feto de preguiça gigante, descoberto há 40 anos em Minas Gerais, é finalmente divulgado por pesquisador

Em 1983, Cástor Cartelle Guerra, pesquisador do Museu de Ciências Naturais da PUC Minas, liderava um grupo que estudava a Gruta de Maquiné, em Cordigsburgo (cidade do escritor Guimarães Rosa), em Minas Gerais, quando encontrou o esqueleto de uma preguiça-gigante, extinta há cerca de dez mil anos, bastante danificado.

“Era da mesma espécie que Peter [Wilhelm] Lund [pai da paleontologia] encontrou pela primeira vez em Maquiné. Comecei a retirá-lo e, pra minha surpresa, na minha mão caiu um ossinho pequenininho. Eu disse: ‘Meu Deus! Não é do bicho, é de um outro’. Aí cheguei a conclusão de que o esqueleto era de uma fêmea que ainda tinha, dentro dela, um feto”, contou Guerra ao BHAZ.

A espécie era Nothrotherium Maquinense, que certamente viveu no Brasil há mais de 20 mil anos.

“Este foi um achado raríssimo! O achado, que demoramos anos para dar conhecimento publicamente, é espetacular e único, do ponto de vista da ciência. Isso é valorizar nosso passado”, ressaltou Guerra, doutor em Morfologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

“A preservação do feto é extraordinária, melhor que a da mãe”, que media cerca de seis metros. O feto tinha cerca de 25 centímetros.

Na época da descoberta, nos anos 80, Guerra escreveu um pequeno artigo para uma revista. Mas somente agora, 40 depois do início da pesquisa, é que os pesquisadores concluíram o estudo sobre a mãe e o filhote e ele resolveu divulgar. Submeteu o trabalho ao The Journal of Mammalian Evolution, que respondeu rapidamente, como nunca antes em sua carreira, contou o pesquisador.

“Mandamos para a revista e foi aceito imediatamente porque é raríssimo. Um feto inteiro é um milagre”, celebrou, destacando que, “até hoje, na América Latina, foram encontrados somente 4 ou 5 ossos de fetos tão preservados”.

Uma descoberta realmente surpreendente, inédita, que merece ser muito comemorada. Assim que o artigo for publicado na The Journal of Mammalian Evolution, indicarei o link aqui.

_________________

Foto: imagem digitalizada (arquivo pessoal de Cástor Cartelle Guerra)

Fontes: BHAZ, G1

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE