Filme sua vida em 25 de julho e inscreva-se para participar de um documentário histórico

2020 está sendo um ano pra lá de atípico. Além dos sinais cada vez mais fortes de que vivemos uma crise climáticaincêndios na Austrália, ciclone-bomba em Santa Catarina, calor de 37 graus centígrados na Sibéria, degelo no Ártico pode extinguir o urso polar… -, a pandemia do novo coronavírus transformou nossa forma de viver e tem tirado vidas preciosas do nosso convívio.

Nos colocou mais horas à frente das telas de computadores, celulares e tablets. Fotografamos e filmamos mais; a nós e a tudo que estiver ao nosso redor. Nos acostumamos (tivemos que aceitar) a nos ver confinados a essas telas e a nossas casas. Sozinhos ou (mal ou bem) acompanhados. O convívio e a solidão estão sendo revistos.

Além disso, a pandemia criou cenários tensos e propícios a protestos – como Black Lives Matter, que se espalhou pelo mundo -, e que certamente estão ajudando a criar os alicerces para uma nova sociedade.

Em meio a tantas revoluções – micro ou macro – e transformações pessoais e coletivas, a vida continua. Ouvimos música, choramos, rimos, comemos, cozinhamos, limpamos, dormimos, falamos, cantamos, lemos, ouvimos, nos emocionamos, sentimos medo, raiva, alegria, amor, nos enternecemos, nos surpreendemos. Vivemos.

E é “a cara” dessa vida de 2020 que o cineasta escocês Kevin McDonald (ganhou Oscar de Melhor Documentário em 2000), quer registrar em um documentário histórico e global, que ele chama de cápsula do tempo, para o futuro: A Vida em Um Dia. Um filme produzido por Ridley Scott (Blade Renner), filmado por você e muitas pessoas ao redor do mundo em um único dia – 25 de julho -, com direção e edição de Kevin, e apoio do YouTube Originals.

O documentário será exibido no Sundance Film Festival em 2021.

Em entrevista ao site Ecoa, Kevin contou que o convite agora não se deve à pandemia – um momento muito especial para a humanidade. Este projeto é, na verdade, a continuidade de outro, realizado há dez anos, e já estava planejado para acontecer este ano, e que tinha o mesmo nome: Uma Vida em Um Dia.

Este, que é o maior documentário colaborativo do mundo, reuniu cenas de vídeos caseiros enviados por milhares de pessoas de 189 países e, entre janeiro de 2011 até hoje, registrou mais de 16 milhões de visualizações no YouTube (assista no final deste post).

Ele revelou, também, que assistir a tantas horas de vídeos, para fazer a edição, o fez perceber como era pessimista. “Ver essas gravações sobre o que importa na vida das pessoas me fez ter uma visão muito mais positiva sobre todos nós”.

O que será que Kevin sentirá ao ver as produções deste ano? Certamente, as imagens transbordarão emoção à flor da pele. Então, prepare o celular ou a câmera de vídeo e registre sua vida em 25 de julho. O material pode ser enviado entre 25 de julho e 2 de agosto.

Saiba tudo sobre os requisitos de filmagem, como enviar suas imagens e como participar.

Agora, assista ao convite de Kevin, depois ao teaser do projeto e ao documentário de 2010:

Fotos: Reprodução

Mônica Nunes

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na revista Claudia, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, da mesma editora, considerado pela United Nations Foundation como o maior portal no tema. Integrou a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade e, em 2015, participou da conferência TEDxSãoPaulo.

Deixe uma resposta