PUBLICIDADE

Falcão-morcegueiro, comum nas Américas Central e do Sul, inclusive no Brasil, é observado pela primeira vez nos Estados Unidos

Falcão-morcegueiro, comum nas Américas Central e do Sul, inclusive no Brasil, é observado pela primeira vez nos Estados Unidos

A notícia voou rápido entre os observadores de aves americanos. É a primeira vez que um falcão-morcegueiro é avistado nos Estados Unidos. Acredita-se que o indivíduo que apareceu no Refúgio Nacional de Vida Selvagem de Santa Ana, no sul do Texas, é um juvenil por causa das cores de sua plumagem, e provavelmente, um macho.

A espécie, Falco rufigularis, é encontrada ao longo do México, Américas Central e do Sul, até a Argentina. Por isso a surpresa dos norte-americanos ao se depararem com um falcão-morcegueiro. Tanto é que o Serviço de Vida Selvagem e Pesca dos Estados Unidos compartilhou imagens do ilustre visitante e um post divertido em suas redes sociais:

“Eu tenho algo no meu rosto? Por que todo mundo está olhando para mim?… Este é o primeiro registro de um falcão-morcegeiro nos Estados Unidos!”

No Brasil, a espécie também é chamada popularmente de cauré, coleirinha, falcão-de-garganta-branca, gavião-de-coleira e tentenzinho. Tem ampla distribuição por todo país, entretanto, é mais comum na Amazônia e nas regiões Centro-Oeste e Sudeste. Todavia, a linda foto que abre este post foi feita na Bahia, pelo fotógrafo brasileiro João Quental.

Medindo no máximo 30 centímetros de comprimento, o falcão-morcegueiro é uma ave de rapina, bastante ágil. Em seus voos caça desde andorinhões e beija-flores até, como o próprio nome diz, morcegos. No chão, entre suas presas estão pequenos roedores e lagartos.

Sua plumagem é negra, com peito e barriga listrados de branco e o pescoço branco, com leves tons de laranja, o que faz lembrar uma coleira.

Como existem três subespécies do falcão-morcegueiro, não se sabe exatamente ainda qual delas é a que se encontra no refúgio do Texas (saiba quais são elas no site do wikiaves).

*Com informações adicionais do site Aves de Rapina Brasil

Leia também:
Em meio a rígido lockdown, falcões peregrinos se tornam xodó de moradores de Melbourne, que acompanham online o dia dia das aves
Há mais de 20 anos, Projeto Harpia trabalha para salvar da extinção a maior ave de rapina do Brasil
Milhares de pessoas assistem, ao vivo, o nascimento de dois filhotes de “bald eagle”, águia símbolo dos Estados Unidos

Foto: João Quental/Creative Commons/Flickr

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE